A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/01/2016 14:31

Cães "fujões" do Réveillon mobilizam redes sociais e deixam donos preocupados

Flávia Lima
O vira latas Maurício já tem 12 anos e seu desaparecimento aconteceu no Bairro Rita Vieria. (Foto:Divulgação)O vira latas Maurício já tem 12 anos e seu desaparecimento aconteceu no Bairro Rita Vieria. (Foto:Divulgação)
A gatinha Tequila também se assustou com os rojões e fugiu no Bairro Vilas Boas. (Foto:Divulgação)A gatinha Tequila também se assustou com os rojões e fugiu no Bairro Vilas Boas. (Foto:Divulgação)

A situação se repete em toda virada do ano e preocupa as famílias que têm animais de estimação. Rojões e fogos de artifício acabam assustando os bichos, que se apavoram e acabam fugindo de casa, especialmentre se a família não estiver em casa.

Como não suportam o barulho devido a audição sensível, cães e gatos procuram se esconder, porém, os mais ansiosos acabam escapando e preocupam os donos, principalmente quando há crianças em casa.

"Minha férias acabaram". Este é o sentimento da universitária Ana Paula Zogbi, desde a noite do dia 31, quando a gatinha Tequila desapareceu de sua casa, no Bairro Vilas Boas, na Capital.

A angústia da universitária só tem aumentado, já que ainda está viajando com a família em uma cidade do interior paulista. Ela deixou os dois gatos sob cuidado de amigos e tudo ia bem até a manhã desta sexta-feira (1), quando a pessoa responsável em alimentar os animais, não localizou a gatinha de menos de um ano.

"Meus gatos nunca saíram de casa porque são castrados, mas como ela é muito grudada no outro gato, acho que foi atrás dele e acabou se perdendo", diz. Ana Paulal acredita que ela tenha fugido pela janela do banheiro, que estava aberta. O outro gato, na verdade, estava escondido dentro de casa e não desapareceu.

A universitária estão tão preocupada que cogita encurtar o retorno, marcado para dia 13, para o início da semana e tentar localizar Tequila na região.

Ela conta que amigas já se mobilizaram postando anúncios em redes sociais e compartilhando a sinformações via WhatsApp. Como a gatinha tem um olho verde e outro azul, Ana Paula tem receio de quem a encontrou tenha decidido ficar com ela devido a essa característica . "Ela é toda branquinha e isso chama a atenção", conta. 

Angustiada também está a veterinária Juliana Galhardo. Dona do vira latas Maurício, de 12 anos, ela diz que ele fugiu na madrugada do dia 1º, já que é muito medroso.

"Era perto da meia noite e meia quando ele sumiu após a gente abrir o portão. Fico preocupada porque ele já é idoso", afirma.

A veterinária e o marido já deram buscas pela região do bairro Rita Vieira, onde  residem, mas nem sinal de Maurício. O Facebook e os grupos de WhatsApp tem sido os canais procurados pelo casal para saber do paradeiro do cão, mas com a reabertura do comércio após as festas de final de ano, Juliana diz que vai imprimir cartazes para colocar nos estabelecimentos.

Apesar de ser idoso, ela acredita que alguém possa estar com ele em casa, já que, segundo ela, Maurício lembra um Border Collie pro ter a pelagem malhada e porte médio. "Se alguém está com ele, espero que esteja cuidando", diz.  

As redes sociais também vem sendo o caminho que a garçonete Ana Carolina Borges optou para buscar a Pinscher fêmea de 2 anos e meio, Roli. Ela diz que a cachorrinha sumiu no final da tarde do dia 31, já que os vizinhos começaram a soltar fogos na rua logo cedo.

"Ela estava apavorada e como é  magrinha, conseguiu passar pela grade do portão quando eu saí de casa com meu marido no final do dia", conta.

O casal já deu buscas no bairro Otávio Pécora, mas ainda não tiveram notícias de Roli, que tem a pelagem caramelo. "Creio qu ela  tenha pulado a janela e como nunca fugiu, ainda deve estar perdida", ressalta.

A presidente da Ong (Organização Não Governamental) Abrigo dos Bichos, Maria Lúcia Metello, orienta os donos a fazerem postagens também nas páginas e sites das Ongs dedicadas a animais na Capital, que sempre têm um grande número de visualizações.

"Perdi a conta de quantos anúncios me enviaram, mas é preciso que eles sejam feitos na linha do tempo, para todos verem", explica.

Para quem desejar buscar ajuda do seguidores do Abrigo dos Bichos, o link da Ong no Facebook é o https://www.facebook.com/AbrigoDosBichos/?fref=ts 

Quem tiver notícias da Pinscher Roli, pode ligar para 67 9955 0026. Para comunicar sobre o paradeiro da gata Tequila, o número é o 67 9982 1073 e para passar informações sobre o vira latas Maurício o contato é o 67 81748118.

 

A Pinscher Roli fugiu no final da tarde do dia 31. (Foto:Divulgação)A Pinscher Roli fugiu no final da tarde do dia 31. (Foto:Divulgação)
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions