A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/01/2012 10:33

Pela terceria vez caixa eletrônico foi alvo da ação dos bandidos

Francisco Júnior e Fernando da Mata

Na madrugada desta segunda-feira, ladrões explodiram terminal que fica em posto de combustível

Caixa eletrônico ficou destruído. (Foto: Fernando da Mata)Caixa eletrônico ficou destruído. (Foto: Fernando da Mata)

O caixa eletrônico do Banco do Brasil explodido na madrugada desta segunda-feira (30), no bairro Nova Bandeirantes, já foi alvo de bandidos duas vezes anteriores. Na ação de hoje, o terminal eletrônico ficou destruído.

No dia 3 de julho do ano passado, bandidos renderam dois funcionários do posto, que fica no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com a Manoel da Costa Lima, e arrombaram o equipamento. Além de arrombar, os ladrões atearam fogo no caixa. A quantia roubada não foi divulgada pela Polícia.

Segundo o gerente do posto, que não quis se identificar, há um mês, assaltantes, usando maçaricos, tentaram abrir o caixa. Na ocasião, eles conseguiram abrir um buraco no terminal, mas não levaram o dinheiro.

No assalto de hoje, por volta das 4h30, dois homens chegaram no local, renderam o vigia e o trancaram no banheiro. Em seguida, montaram os explosivos e explodiram o caixa.

Com a explosão, a porta de ferro do terminal foi lançada cerca de 20 metros de distância. A sala onde estava o terminal ficou destruída. A explosão também danificou um salão de beleza, vizinho da sala.

Os bandidos fugiram do posto levando parte do dinheiro do caixa.

A Polícia ainda não identificou o tipo de explosivos usados pelos bandidos. De acordo com o delegado do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros), Roberval Cardoso, esta é quarta ação envolvendo explosivos registrada em Mato Grosso do Sul. Segundo ele, agindo da mesma maneira, bandidos tentaram arrombar caixas nos municípios de Ladário, Itaquiraí e Coxim.

Porém, conforme o delegado, nas cidades do interior, os equipamentos não foram explodidos. Roberval Cardoso acredita que os bandidos que utilizam este tipo de mecanismo são de outros estados.

Conforme o delegado, os assaltantes possuem técnicas que conseguem manipular o sensor de segurança que monitoram os terminais e os equipamentos acabam não gravando imagens da ação. “ Eles vão a ao local antes e isolam o sensor. Quando acaba o acesso ao caixa, eles vão e executam o roubo sem o alarme disparar”, explicou.

O Garras ficará responsável por investigar o caso.

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


equanto ficarmos dando direitos a bandidos teremos essas situações bem perto de nós precisamos urgente colocar na cadeia e sem recurso revisão de pena esses marginais
 
antonio rocha em 30/01/2012 03:03:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions