A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/10/2012 16:02

Calor perto dos 40 graus incomoda e provoca mal estar

Gabriel Neris e Nadyenka Castro
Tereré e a calçada de casa tornaram as armas de família para enfrentar calor (Foto: Minamar Júnior)Tereré e a calçada de casa tornaram as armas de família para enfrentar calor (Foto: Minamar Júnior)

A temperatura elevada tem incomodado e preocupado os campo-grandenses. O sol forte, aliado ao tempo seco, fez com que as pessoas procurassem os postos de saúde.

A dona de casa Jucilene Aparecida da Silva, 34 anos, reclama do calor desde domingo, quando a pressão dela subiu e uma das mãos chegou a ficar dormente. “Me sinto mal, o jeito é tomar água e banho”, conta.

Ela diz que foi procurar atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário preocupada se os sintomas poderiam se agravar.

Priscila Rocha, 27, operadora de caixa, relata que o calor causou muita tontura hoje. “Foi do nada, tinha acabado de sair do sol e comecei a me sentir mal”. A mulher também reclama de dores de cabeça e excesso de suor.

O comerciante Adão Rodrigues de Souza, 68, vende garapa em frente à UPA do bairro Universitário. O senhor, que instalou a máquina de moer cana na sombra, conta que já vu muitas pessoas chegarem ao local passando mal por causa do calor.

“Quando elas veem a sombra da árvore, põem a mão para o céu por causa da árvore”, diz. Mesmo na sombra, o comerciante também reclama da alta temperatura. “Está muito quente”.

Refresco – Para tentar aliviar o calor, uma família da Vila Progresso senta todos os dias na calçada da própria residência. Dentro de casa não fica ninguém.

As crianças de dois anos e outra recém-nascida recebem atenção especial. A dona de casa Agnes dos Anjos, 34 anos, conta que a sombra é o melhor lugar para ficar. Roupas leves, suco e o tradicional tereré são algumas das alternativas para fugir do calor. “Com as crianças o cuidado é redobrado, precisam de atenção”, diz.

“A melhor coisa para refrescar é água, muita água”, complementa.

Vendedor de garapa conta que já viu várias pessoas reclamarem do calor em frente à UPA (Foto: Minamar Júnior)Vendedor de garapa conta que já viu várias pessoas reclamarem do calor em frente à UPA (Foto: Minamar Júnior)

O pai da dona de casa, Juscelino dos Anjos, 60, aposentado, é hipertenso e reclama que quando está calor, como hoje, se sente mal e gera crise de ansiedade. “Quando está frio não tenho nada disso”.

Amigo da família, Fernando Barbieri, 31, relata que quando está na própria residência prefere dormir no chão e de preferência com a residência aberta para arejar. “É muito quente”.

Orientação – O otorrinolaringologista Renato Lúcio Martins dá dicas para as pessoas enfrentarem o calor. A primeira observação feita pelo médico é a hidratação. “Ingerir muito líquido. Não se furtar de água. A quantidade? Até o xixi sair clarinho”, explica.

O médico afirma que as vasilhas de água no quarto e também os vaporizadores são eficientes e ajudam a amenizar.

Outra orientação é evitar fazer atividades físicas, até mesmo nos horários que o sol não está exposto por conta da umidade relativa do ar.

“A alimentação também tem que ser mais leve para facilitar a digestão e evitar alimentos gordurosos”, explica.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


DIGO QUE A GANÂNCIA DE FAZENDEIROS NO PANTANAL COLOCAM FOGO NO CAMPO NAS MATAS PRA AUMENTAR E DESMANTANDO MESMO SEM ESCRÚPULOS E O IBAMA O GOVERNO FEDERAL E DO ESTADO DE MS NÃO PREOCUPAM COM ISSO PORQUE A FLORA E FAUNA NÃO DÃO VOTOS PRA ESSES PARASITAS NO GOVERNO E AI A NATUREZA FICA A DEUS DARÁ E NOS QUE SOFREMOS COM ISSO TEMOS QUE COBRAR MAIS DO GOVERNO ESTADUAL E FEDERAL AS ENTIDADES COMO IBAMA E PUNIR ESSES VERMES GANANCIOSOS PRENDER TOMAR AS TERRAS DELES E POR AI VAI CADÊ AS AUTORIDADES FALA SÉRIO.
 
mário braz em 30/10/2012 19:55:08
Concordo na íntegra, com o Ronaldo e a Ana Paula. Realmente, só pensam em cortar árvores, inclusive, o MATO GROSSO seje do sul ou do norte, de mato já não tem quase nada.
Agora o BRASIL, quer levar alimento para o mundo inteiro, mas em troca, só teremos desastres ecológicos num futuro BEM próximo, com essta devastação desenfreiada.
Não vejo NENHUM POLÍTICO, preocupado com o MEIO AMBIENTE, só com o PODER e com $$$$. Enquanto isso, nossa FAUNA e FLORA implora por SOCORRO.
Por conta da ganancia, de muito FAZENDEIROS e EMPRESÁRIOS, nossas matas , rios e animais MORREM lentamente.
O resultado, de toda essa AGRESSÃO à natureza é esse CALOR , que espalha pelo mundo inteiro, descongelando geleiras, matando nossas belezas naturais e consequentemente INDEFININDO nossas estações do ano.
 
Neyde de Oliveira em 30/10/2012 08:30:26
Quente desse tanto e sem água... Essas obras na Julio de Castilho q não acabam nunca, deixam nosso bairro sem água durante o dia todinho... Só volta com força total as 10 da noite... Agora além de dia sem água, temos q passar a noite fazendo o serviço de casa e o trabalho, os estudos q se ferrem... Ainda se tivesse ficando bom o serviço dessa turma... mas só sabem fazer buraco e tampar de qquer jeito.. A Jerusalém já tá toda esburacada de novo... Tá tenso!!!
 
Fernanda Lins em 30/10/2012 07:49:22
Sempre fui contra corte de árvores e falei sobre isso, minhas previsões estão se conformando com o aumento das temperaturas em toda cidade, o povo campo grandense precisa acordar e parar de apenas eliminar a árvores que logo logo serão itens de luxo.
Vamos por a mão na consciencia e refletir sobre esse calor todo, ou será que está bom assim???
 
Oswaldo Ferreira em 29/10/2012 20:35:14
Verdade Sr.Ronaldo estão acabando com a natureza por preguiça de varrer,tem vizinho que enche o saco até por arvore que estão no quintal alheio,até a hora que sobrar só cimento no mundo todo e todo mundo morrer tostado ai vão dar valor...
 
ana paula sousa ribas em 29/10/2012 17:37:38
Campo Grande esta ficando sem sombras de arvores grandes na frente das casas, muitas vezes cortam ou podam uma arvore boa de sombra para não fazer sujeira!
 
Ronaldo Zanardo em 29/10/2012 17:01:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions