A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/08/2015 09:42

Câmeras de segurança não funcionam e moradores temem onda de roubos

Alan Diógenes
Videomonitoramento não funciona e moradores voltam a temer falta de segurança. (Foto: Arquivo)Videomonitoramento não funciona e moradores voltam a temer falta de segurança. (Foto: Arquivo)
Comerciante disse que sistema nunca funcionou e roubos já fazem parte da rotina. (Foto: Fernando Antunes)Comerciante disse que sistema nunca funcionou e roubos já fazem parte da rotina. (Foto: Fernando Antunes)
Alda falou que falta policiamento diário. (Foto: Fernando Antunes)Alda falou que falta policiamento diário. (Foto: Fernando Antunes)

Os moradores do Jardim Los Angeles, em Campo Grande, voltaram a se preocupar com a onda de roubos na região. Eles alegam que o sistema de videomonitoramento, com 19 câmeras instaladas em maio do ano passado, não está funcionando e os bandidos já não temem ser flagrados durante assaltos e furtos.

O comerciante Raimundo Gonçalves da Silva, 56 anos, que há um ano toma conta de loja de roupas considera o videomonitoramento uma “fachada” para desvio de dinheiro público. “O sistema nunca funcionou, apesar da polícia e da prefeitura dizerem que ele está em operação. Para mim isso aí foi para desviar dinheiro”, comentou.

“Tá funcionando?”. Essa é a pergunta da comerciante Alda Pascoal, 36, ao ser questionada a respeito da segurança no bairro. “Porque para mim não está. Os ladrões roubam a gente em plena luz do dia por aqui”, explicou.

Segundo Alda, a polícia faz rondas pelo bairro apenas no final de semana, mas a maioria dos crimes acontece nos dias normais. “A polícia faz pouco caso da gente. Quando alguém é roubado aqui, eles não vão atrás para saber quem foi. Daí a população tem que se prevenir, por exemplo, eu não vendo celular mais, porque caso seja roubada eu não terei prejuízo”, destacou.

Outro comerciante, Felipe Franco, 23, contou que o alvo dos ladrões são principalmente as drogarias do bairro. Ele falou também que há poucos meses bandidos explodiram um caixa eletrônico de um estabelecimento comercial. “É complicado, a gente tem que dormir com um olho fechado e outro aberto”, mencionou.

A pensionista Maria Rodrigues, 60, mora no bairro há 21 anos explica como era a região há alguns anos. “Era bastante perigoso, aí deu uma parada. Mas veio o desenvolvimento, aumentou a população e o comércio. Agora os ladrões fazem a, é assalto nas ruas, em pontos de ônibus, essa é nossa realidade”, finalizou.

De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel da Polícia Militar Francisco de Assis Ovelar, o sistema de videomonitoramento está em pleno funcionamento no Jardim Los Angeles. Ele afirmou que o policiamento ostensivo também está sendo feito na região e que inclusive a sede da Força Tática da PM foi transferida para lá. "As vezes acontece um fato isolado em certa região e as pessoas acabam generalizando todos os bairros como perigosos", concluiu.

 

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions