ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Campo Grande já tem 41 casos de cepa H3N2 da gripe, confirma Sesau

Apesar do aumento, não se pode considerar que há surto da infecção na Capital, segundo a secretaria

Por Lucia Morel | 28/12/2021 09:04
Frasco de vacina contra gripe usada este ano em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Frasco de vacina contra gripe usada este ano em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

Entre 1º de dezembro e ontem, Campo Grande registrou 41 casos da cepa H3N2 da Influenza A. Ainda pela manhã, o registro era de apenas 10 casos confirmados, segundo o secretário de Saúde municipal, José Mauro Castro, informou em agenda. Na média, está sendo registrado 1,5 caso por dia.

Conforme a Sesau, apesar do aumento, não se pode considerar que há surto da infecção na Capital e reforça que as medidas de prevenção são as mesmas usadas no combate à covid-19: uso de máscaras, álcool 70% para higienização e distanciamento social. Apesar das confirmações, a secretaria informou que ainda não é possível saber se as cepas de H3N2 identificadas são da variante Darwin, que está causando surto no Rio de Janeiro.

Os casos confirmados são decorrentes de pacientes que foram hospitalizados ou que foram atendidos nas unidades sentinela (Hospital Dia). “Reforçamos que são feitos os exames apenas em pacientes que apresentam quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”, sustenta nota da pasta.

Conforme a Sesau, para atendimento de casos suspeitos, principalmente quando há dois ou mais sintomas concomitantes, todas as unidades de saúde estão referenciadas e oferecem tratamento adequado no que se refere à medicação prescrita.

Por fim, a Sesau ressaltou que “não há surto da infecção” e que, durante o fim de ano, quando há intenso deslocamento de pessoas, “a circulação deste e outros vírus também tendem a aumentar” e para evitar o contágio, é necessário adotar as mesmas medidas utilizadas para enfrentamento à covid-19.

Nos siga no Google Notícias