A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/08/2012 18:05

Campo Grande recebe R$ 117 milhões em obras do Governo Estado

Nadyenka Castro

As maiores em investimento são: Aquário do Pantanal, drenagem e pavimentação asfáltica no bairro Aero Rancho e ampliações em 10 escolas

Wilson Cabral fala sobre obras no Aero Rancho com mapa do trabalho sobre a mesa. (Foto: Minamar Júnior)Wilson Cabral fala sobre obras no Aero Rancho com mapa do trabalho sobre a mesa. (Foto: Minamar Júnior)

Campo Grande recebe do Governo do Estado R$ 117 milhões em obras. “São obras em todas as áreas: saúde, educação, segurança pública, infraestrutura”, resume o secretário de Obras Públicas e de Transportes, Wilson Cabral.

As maiores são a construção do Centro de Pesquisa e Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira - Aquário do Pantanal -, drenagem e pavimentação asfáltica do bairro Aero Rancho e ampliação em escolas estaduais da Capital.

Qualidade de vida - Outra grande obra do governo do Estado na Capital é o asfalto e drenagem em diversas ruas do bairro Aero Rancho. O investimento total nas três etapas é de R$ 11,6 milhões.

O trabalho começou a ser feito no mês passado e já conta com 15% do total a ser realizado. Quem mora na região comemora. “O asfalto é muito bom. Melhorou bastante para a gente”, diz a comerciante Aparecida de Jesus, 48 anos, que há três reside no Aero Rancho.

A rua da casa dela está quase toda asfaltada e ela já percebe melhorias. “A poeira diminuiu. Antes, tinha muito”.

Há 10 anos na região, o pintor José Mário Luís Ferreira, 46 anos, acredita que o asfalto irá levar mais desenvolvimento para o bairro. “Vai crescer o bairro. Lotes vazios serão ocupados, terá mais comércio”.

O encarregado de supermercado José Luís Canhete, 24 anos, mora há 22 no Aero Rancho. Na rua da casa dele ainda está sendo feito trabalho de drenagem – instalação de tubos subterrâneos para captação de águas –, para depois o asfalto. “Vai melhorar a infraestrutura, a poeira, a locomoção”, afirma.

São 8,3 quilômetros de drenagem e 103 metros quadrados de pavimentação. Do total de investimento, R$ 8,8 milhões são da União e R$ 2,7 milhões da administração estadual.

As três etapas da obra são: Etapa A: Polígono avenida Graciliano Ramos, rua Charlote, rua Raquel de Queiroz e avenida Costa Mello, com total de R$ 6 milhões.

A Etapa C integra o polígono: avenida Graciliano Ramos, rua Berta Lúcia e avenida Santa Quitéria, com total de R$ 2,8 milhões. A Etapa D é o polígono avenida Graciliano Ramos, avenida Costa de Mello, avenida Raquel de Queiroz e rua Filipinas, com investimento de R$ 2,7 milhões.

Ruas já recebem tubos para drenagem e em seguida, o asfalto. (Foto: Minamar Júnior)Ruas já recebem tubos para drenagem e em seguida, o asfalto. (Foto: Minamar Júnior)
Para moradores, asfalto vai levar mais desenvolvimento ao bairro. (Foto: Minamar Júnior)Para moradores, asfalto vai levar mais desenvolvimento ao bairro. (Foto: Minamar Júnior)

Aquário - O Aquário do Pantanal começou a ser construído em maio deste ano, na avenida Afonso Pena, Parque das Nações Indígenas, e a previsão é que seja concluído em 30 meses. O investimento é de R$ 84,7 milhões.

De acordo com a Secretaria de Obras, 40% da estrutura já está concluída.

“Está dentro do cronograma”, avalia Cabral, que explica que além da obra, já está contratado o fornecimento dos acrílicos dos aquários, estrutura metálica e zinco de titânio que será utilizado na cobertura do saguão principal. Estes produtos foram importados dos Estados Unidos, Espanha e Holanda, respectivamente.

A estrutura total, de 18,6 mil metros quadrados, vai abrigar ao todo 24 tanques, uma biblioteca- que será feita em forma de taça-, um auditório para 250 pessoas, um museu da biodiversidade, um restaurante, seis laboratórios e uma loja de souvenir.

A aposta é que o Aquário se torne não só um espaço de entretenimento, mas um local para pesquisas.

“Já percebemos que a obra está sendo monitorada fora do país, o que demonstra que o Aquário é um marco para cidade. Acredito que o projeto será um local de pesquisa, se tornando um lugar de turismo científico, além de ser uma obra de grande alcance social”, disse Sávio.

Serão sete mil animais, subdivididos em mais de 200 espécies (peixes, invertebrados, répteis e mamíferos). A intenção é tornar o aquário o maior referencial do País em consulta científica da fauna e flora da região pantaneira.

Ilustração do Aquário do Pantanal pronto. Ilustração do Aquário do Pantanal pronto.
Obra do Aquário do Pantanal.(Foto: Rodrigo Pazinato)Obra do Aquário do Pantanal.(Foto: Rodrigo Pazinato)

Outras obras - Também são administradas pelo Estado as seguintes obras em Campo Grande.

- Reforma e adequação do setor de Nefrologia do Hospital Regional: R$ 759 mil de investimento e 65% executado;

- Reforma e ampliação do prédio do prédio da Casa de Saúde: R$ 229, 4 mil e 8% executado;

- Reforma e adequação nos setores de lavanderia, ambulatório e pronto atendimento médico do Hospital Regional: R$ 5,3 milhões e 88% executado;

- Reforma e ampliação do Complexo Regulador de Saúde: R$ 5,6 milhões, 14% executado do total de 2,9 metros quadrados a serem ampliados;

- Construção do bloco administrativo do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul): R$ 2,8 milhões e 45% executado;

- Reforma dos prédios da sede central do Imasul: R$ 765 mil;

- Ampliação de 71 salas de laboratórios científicos / tecnológicos/ salas de aula/ biblioteca em 10 escolas estaduais: R$ 771 mil e 99% executado;

- Construção do bloco do prédio da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco para alojamento de internos e da Polícia Militar: R$ 771 mil e 99% pronto;

- Reforma e ampliação do prédio da Polícia Militar Rodoviária: R$ 576 mil e 30% executado.



poxa moro na rua charlote ,entre gracilianos ramos e santa quiteria , e acho que o asfalto nao vai sair poxa sacanagem !!!!!!!!!
 
jorge freitas em 16/08/2012 10:36:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions