A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/09/2015 16:57

Campo Grande tem maior aumento em índice de homicídios no Brasil

Ricardo Campos Jr.

Levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra que Campo Grande detém o maior crescimento na taxa de assassinatos, passando de 13,8 casos a cada 100 mil habitantes para 18,9 na mesma proporção. Segundo informações divulgadas pela Agência Brasil, nesta quarta-feira (30), o relatório leva em conta dados de 2014.

Em números absolutos, conforme os dados, a Capital teve 159 mortes violentas no ano passado contra 115 em 2013.

Maceió apresentou a segunda maior taxa de 2014, com 69,5 casos por 100 mil habitantes. Entretanto, em comparação com o ano anterior, houve queda de 14,5%, tendo em vista que o índice havia alcançado 81,4 na mesma proporção.

São Luís apresentou uma taxa muito semelhante de crimes, 69,1 por 100 mil, em 2014, e 61,2 por 100 mil em 2013. Em números absolutos, foram registrados 645 assassinatos em 2014. No ano anterior, a capital maranhense teve 735 mortes intencionais.

Apesar de São Paulo ter o terceiro maior valor absoluto de mortes (1.360), obteve a menor taxa de crimes, sendo 11,4 por 100 mil habitantes. O número representa queda de 4,3% em relação a 2013, quando houve 1.412 mortes (11,9 por 100 mil habitantes)

No Rio de Janeiro, a taxa ficou em 20,2 por 100 mil habitantes, com 1.305 assassinatos violentos intencionais em 2014.

Fortaleza teve a maior quantidade de assassinatos em 2014, foram 1.989 casos com queda de 1% em relação a 2013, quando o número alcançou 1.993. A cidade também registra a maior taxa de mortes intencionais por 100 mil habitantes – 73,3.

Salvador é a segunda capital em números absolutos. Conforme a Agência Brasil, foram 1.397 mortes, o que significa uma taxa de 48,1 assassinatos por 100 mil habitantes. Em 2013, a cidade teve 1.485 crimes e taxa de 51,5 por 100 mil habitantes.



Fiquem tranquilos, segundo nosso competentíssimo Secretário "pensando em ser desembargador" Silvio Maluf, isso está relacionado à crise nacional e não adianta investir em segurança pública.
 
TOYOSHI SATO em 30/09/2015 20:11:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions