A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/12/2013 12:27

Campo-grandense se adiantou nas compras e movimento é menor no Centro

Zana Zaidan e Viviane Oliveira
Lojas do Centro estão cheias, mas pico de movimento aconteceu ontem (Foto: Cléber Gellio)Lojas do Centro estão cheias, mas pico de movimento aconteceu ontem (Foto: Cléber Gellio)

Ao contrário dos últimos anos, os consumidores de Campo Grande não deixaram para comprar os presentes na véspera de Natal. Hoje (24), o Centro da cidade amanheceu movimentado, mas a concentração de pedestres e fluxo de veículos é bem menor do que a que se viu ontem. A fila nas lojas também diminuiu, segundo os comerciantes. 

A queda no movimento também foi percebido pela promotora de vendas Valéria Monteiro, 30 anos. Ela, que vende chips de uma operadora de celular no coração do Centro – na esquina da rua 14 de Julho com a Barão do Rio Branco, acredita que quem queria comprar, comprou ontem.

“Ontem, vendi 20 chips e fiz uma recarga, hoje, até as 10h30 não tinha vendido nada. Mas ontem no mesmo período já tinha conseguido sete vendas”, aponta. “As pessoas deixam tudo para última hora, e chegam apavoradas, parece que pensam que as promoções das lojas vão acabar”, acrescenta.

Apesar da calmaria em relação ao dia de pico, tem quem sofra por sair de casa na última tarde antes da troca de presentes. A dona de casa Juliane Martins, 30 anos, veio de Bodoquena para passar o Natal na Capital. Grávida, teve que enfrentar a pressa de quem passava pelo Centro.

“O ruim é que as pessoas não respeitam, empurram. E ainda acham ruim quando tenho que usar o caixa preferencial”, conta.

Já para Kátia Silva de Carvalho, 31 anos, que além de enfrentar o movimento ainda levou os filhos, defende uma mudança de comportamento por parte de alguns lojistas. “Estava na fila de duas lojas e pela demora desisti de comprar. Sei que no final do ano as lojas até contratam mais funcionários, mas não adianta só ter mais gente, tem que treiná-los mais para agilizar o atendimento”, defende.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions