A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/01/2014 09:46

Capivaras criam novo corredor e passam a ser vítimas dos veículos

Luciana Brazil
Capivara não é a primeira a ser atropelada no local. (Fotos: Cleber Gellio)Capivara não é a primeira a ser atropelada no local. (Fotos: Cleber Gellio)

Uma capivara amanheceu morta na manhã de hoje (28), na Rua Spipe Calarge, em frente ao Rádio Clube Campo, próximo ao bairro Coopharádio. Segundo moradores, essa seria pelo menos a terceira capivara morta na via.

O animal parece ter sido atropelado e conforme motoristas que passam pela região, o acidente deve ter ocorrido no início da manhã ou ainda de madrugada, com céu escuro. Por volta das 7h30 o animal estava no meio da rua, mas foi removido para a calçada por algum condutor.

“Essa já é a terceira capivara atropelada que eu vejo”, disse o dono de um lava-jato em frente ao Rádio Clube, Diego Cabaleiro, 26 anos.

Há algum tempo é comum flagrar “famílias” de capivaras atravessando o trecho em meio aos carros. Mas a travessia nem sempre tem final feliz. Alguns condutores não respeitam o limite de velocidade e trafegam em alta velocidade, ocasionando acidentes como o de hoje.

Segundo a bióloga Silvia Gervásio, as capivaras são comuns na região, já a travessia pela rua pode ser resultado da obra de manejo de águas pluviais feita recentemente no local.

"Não é possível afirmar com certeza, mas a obra pode ter causado alguma mudança no trajeto delas e por isso elas passaram a ter que cruzar a rua", disse Silvia.

Quem mora há muito tempo nos bairros próximos ressalta que a passagem desses animais pela rua é algo recente.

“Antes não tinha capivara passando aqui. Eu nunca vi e moro aqui há muito tempo. Mas depois da obra, até mesmo na época da obra, começaram a aparecer capivaras atravessando a rua. Agora elas correm um perigo muito grande porque os motoristas passam muito rápido”, disse a manicure Edna Jorge, 51 anos.

Áreas verdes e úmidas são locais escolhidos por esses animais, explicou a bióloga. “Nós sempre vamos ver capivaras perto de córregos, perto de água e áreas de vegetação”.

A região do córrego Bandeira, próximo a Rádio Clube Campo, é um lugar propício para o animal, segundo Silvia.

"Tinha um quebra-molas aqui durante a obra e ajudava a reduzir a velocidade", disse o vendedor de outro lava-jato, Diogo Almeida, 20 anos.

Veículos passam em alta velocidade pelo trecho. Veículos passam em alta velocidade pelo trecho.
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


Algumas simples medidas de segurança resolveriam esse tipo de problema. Tela de proteção e canos subterrâneos na trilha das capivaras já seria o suficiente. Mas é bom lembrar que nem só a capivara pode ser vitima fatal de um veiculo: o choque de um animal desses, que pode chegar até 80 kg, pode ser fatal para os ocupantes de um veiculo. Estão esperando a tragédia do lado humano para tomar alguma medida?
 
Claudio Fernandes em 29/01/2014 22:34:23
eu tenho opiao contraria a de voces,os governantes deve mura os parques onde haja animais como em outras cidades do mundo zoologico aberto dentro de uma metropole nao funciona sempre vai acontecer isso!
 
Assuero domicio de sa em 28/01/2014 16:20:35
Quebra molas URGENTE !!!!!
 
sandro szucs ortiz em 28/01/2014 16:17:17
Pra variar o excelente trabalho que a Agetran faz na cidade, que não tem motivo para ter o transito que tem, mas a Agetran trabalha dia e noite, noite e dia e consegue deixar o nosso transito semelhante ao de São Paulo, sendo que só teremos a mesma quantidade de veículos em nossa frota no ano de 2235, portanto a Agetran sempre a frente, deixou caótico um transito interiorano, agora na mais nova atitude inteligente da agencia, eles foram lá, recapearam a via e retiraram o quebra molas, parabéns, agora vai lá e recoloca, o dia em que a Agetran fechar as portas, Campo Grande dará um salto no desenvolvimento do transito na cidade, parece que a Agetran faz o transito caótico para que ela continue sendo necessária.
 
MAXIMILIANO NAHAS em 28/01/2014 14:25:42
Sou CONTRA o quebra-molas. Para quem dirige sozinha à noite, parar ali é muito perigoso.
Sou a FAVOR de um radar. Mas também de nada adianta se as pessoas não tiverem no vocabulário duas palavras simples - EDUCAÇÃO E RESPONSABILIDADE.
No escuro é difícil ver a capivara, mas se houver atenção, os acidentes podem ser evitados.
Portanto, se colocarem um radar as pessoas terão que reduzir a velocidade e prestar a atenção na via.
 
Luciana Sá em 28/01/2014 11:49:50
Sou a favor pra colocar o quebra molas novamente no local! O excesso de velocidade acabou sendo comum ao final da via!
 
Ademar Mendes em 28/01/2014 11:39:54
O GOVERNO ,A PREFEITURA, A SECRETARIA ,EU E VC TEMOS QUE TOMAR VERGONHA NA CARA PORQUE OS ANIMAIS CHEGARAM PRIMEIRO QUE NOS AQUI,NOS SOMOS OS INVASORES POR ISSO TEMOS QUE FAZER UM TUNEL PRA QUE POSSAM ATRAVESSAR DE UM LADO PARA OUTRO SEM SER MORTOS OS ANIMAIS NAO FALAM SE NAO JA TINHAM PEDIDO ISSO ,MAS NOS ANIMAIS HUMANOS TEM OBRIGAÇÃO DE FAZER ALGUMA COISA URGENTE ATITUDE COMEÇA COM A , A PRIMEIRA LETRA DO ALFABETO,ATITUDEEEEEEEEEEEE
 
JOAO BATISTA em 28/01/2014 11:11:48
infelizmente mais uma capivara morreu ali, se fosse uma pessoa atravessando o motorista iria atropelar também???? ali há alguns dias atrás tinha um quebra-molas por causa das obras, os motoristas que não tem o que fazer reclamaram e chamaram ate a reportagem para fazer uma materia. A AGETRAN foi la e disse que iria tirar o quebra molas, ali não e pista de corrida, deveria ter um redutor SIM, devido as altas velocidades que alguns motoristas andam ali, sou condutor e passo por ali todos os dias e infelizmente os motoristas que não são motoristas "os que o DETRAN deve ter dado as habilitações abusam da velocidade" e da nisso, TEM QUE RECOLOCAR O QUEBRA-MOLAS DE NOVO ALI, essa ja e a 3ª capivara que vejo morrer ali.
 
ROGERIO MENEZES em 28/01/2014 11:02:19
O MAIOR, E MAIS PERIGOSO PREDADOR DE TODOS OS ANIMAIS NA TERRA, E EM TODAS AS ÉPOCAS DAS CIVILIZAÇÕES HUMANAS É O ANIMAL HOMEM.
MODERNAMENTE, PORQUE "ELE PROGREDIU TECNOLOGICAMENTE" GALGOU "A INVEJÁVEL" CATEGORIA DE: O REI DAS SELVAS DE PEDRAS E CIMENTOS! CUIDADO!... DAS 00:00HS ATÉ AS 05:00HS FIQUE EM CASA PARA SUA GARANTIA. POIS, NEM CAPIVARAS, QUATIS, PÁSSAROS, GATOS, LAGARTOS, CACHORROS... ESCAPAM !!!
 
João Batista Paiva em 28/01/2014 10:56:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions