A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/08/2013 17:28

Capivaras roem árvores e coelhos destroem mudas no Sóter

Jéssica Benitez
Morador desmente responsável pelo parque com foto de árvore roídaMorador desmente responsável pelo parque com foto de árvore roída

Um dos símbolos de Campo Grande, as capivaras circulam livremente por várias regiões da Capital, principalmente em áreas que oferecem mato, água e sombra. Na região norte da cidade, o livre acesso das capivaras ao Parque Soter tem preocupado os frequentadores do lugar. As roedoras estão comendo as cascas das árvores e algumas já estão secando.

A denúncia chegou por meio de moradores dos bairros Mata do Jacinto e Margarida ao gabinete do vereador Eduardo Romero (PTdoB). Conforme os denunciantes, as capivaras estão entrando no parque roendo as cascas das árvores e provocando roletamento do tronco.

A presença de outro animal agrava ainda mais o problema. Na tentativa de recuperar a área verde, novas mudas são plantadas, mas coelhos que vivem no local comem tudo que foi plantado. Conforme um dos moradores, que é frequentador assíduo do parque e preferiu não se identificar, mais de 200 árvores já morreram em decorrência do problema.

“Roedores, especialmente capivaras, mais de dezenas, por falta de alimentos, estão entrando no Sóter e provocando danos à área verde, roendo a casca das árvores. Quase 200 árvores já morreram no parque”, disse o morador.

Outro lado – A equipe de reportagem do Campo Grande News esteve pela manhã no parque Soter com intuito de averiguar a situação das árvores, mas foi impedida de entrar e fotografar o lugar, mesmo tratando-se de um local público.

O responsável por cuidar do espaço não quis se identificar e esclareceu que se a equipe quisesse entrar com máquina fotográfica no parque teria que ir até a Funesp (Fundação Municipal de Esporte) e pedir autorização da diretora-presidente, Leila Cardoso. “Mas essas denúncias não têm fundamento”, disse o homem.

Como já é de costume da atual administração, ele tentou desconversar dizendo que quando o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), tomou posse, o parque estava abandonado e agora parte dele já está recuperada. O responsável, porém, não permitiu que a equipe conferisse de perto as tais melhorias. “Só com autorização”, reforçou.

Agravante – Outro ponto apontado pelos moradores é a erosão gradativa que avança rumo a pista de atletismo que tem mais de 300 metros de extensão. Para Romero, a solução esta não é fazer algo que maltrate os animais.

“Queremos contenção, não matança ou qualquer outra medida que maltrate os animais porque se eles estão agindo assim é porque estão sem opção de alimentação na região. Sugerimos que o poder público municipal faça parcerias, pense e coloque em prática estes mecanismos. Se nada for feito, os roedores vão continuar destruindo as árvores velhas e novas e daqui a pouco vão continuar sem alimento e não sabemos o que poderão atacar depois”, avaliou.

Segundo moradores, coelhos comem mudas de árvores plantadas no SoterSegundo moradores, coelhos comem mudas de árvores plantadas no Soter
Quase 200 árvores já teriam morrido por conta das capivaras Quase 200 árvores já teriam morrido por conta das capivaras


Ana, então...juntem-se fiés defensores, e vão lá dar de comer e vacina-la,......(isso ninguém quer né, escrever é fácil) parem de nostalgia, o lugar desses bichos é lá no pantanal, tê-los aqui é como maltratá-los, pois estão confinados , daqui a pouco faltará espaço e já está acontecendo, vira e mexe morre uma atropelada.
 
geraldo cançado em 10/08/2013 15:48:40
Capivaras más!!! Destruidoras do meio-ambiente!!! O que será do Pantanal agora?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk cada coisa hein!!!
 
Ana Paula Castro em 10/08/2013 10:06:47
Parabéns Campo Grande News, mais uma matéria sensacional!! O Grupo Escoteiro Mário Dilson fez um bonito projeto lá no Parque Sóter e a tal Funesp tbem tentou barrar, mas não conseguiu e no final fizeram um abraço nos 22 hectares, numa demonstração de amor, carinho e preocupação com tudo o que está acontecendo naquele espaço. Na ocasião o Campo Grande News tbem acompanhou o projeto e fez uma matéria muito legal. Infelizmente o parque está abandonado pelas nossas autoridades e frequentadores não respeitam os animais que vivem lá. O Grupo Mário Dilson entregou um relatório para o Vereador Chiquinho Teles e aguarda providências para quele espaço e nós vamos cobrar!!
 
Sidnei Garcia em 09/08/2013 16:29:53
Juraci Montana e Suzi Costa, dá uma boa dupla. Mas, de duas pessoas imaturas, sem noção, egoísta, com pensamento primitivo demaiiiis. Fiquei imaginando como são vocês, que parecem levar a vida de qualquer jeito, não pensam no próximo, devem ter péssimo gosto musical e deve tomar uma cachaça lascada.
O Poder Público, como sempre na roubalheira, não estão nem ai para as pessoas, muito menos para os animais que não votam.
Cadê!!! o MPE, que esta deixando muito a desejar há tempo???
Cambada de corruptos, não deixem os animais passarem fome, nem faltar de cuidados com Médicos Veterinários.
 
Juan Charlymoon em 09/08/2013 15:58:39
Ufa!!! ainda bem, que a maioria dos leitores estão em defesa dos animais.
Rs, rs, rs... então o mato é o nosso habitat? que saiba, sempre foi dos animais, SOMOS NÓS SIM, OS INVASORES DO HABITAT DO ANIMAIS.
O homem, que se diz tão inteligente, muitos são incapazes de conviver em harmonia com os animais por ignorância, egoísmo e desprovimento espiritual.
Todos ganhariam se existisse harmonia, o planeta não estaria essa M... que vivenciamos a cada dia, com grandes catástrofes, aquecimento global, etc.
Nós temos a obrigação, de ZELAR pelas nossas MATAS e nossos ANIMAIS. Afinal, os mesmos são imprescindíveis ä nossa sobrevivência, o que seria do planeta só com HOMENS, construções e tecnologias falhas?
O que adianta, evolução tecnológica, se ainda somos pouco EVOLUIDOS como SERES HUMANOS?
 
Neyde de Oliveira em 09/08/2013 15:44:09
Sou motociclista, dia desses vindo da faculdade, tarde da noite me deparei com um bando delas, de mamando a caducando atravessando avenida bem na minha frente, faltou pouco, muito pouco para que eu me embolasse com elas pelo asfalto, se acontecesse,pela idéia de alguns iluminados defensores de bichos, a culpa teria sido minha pois estou invadindo o habitat delas .
 
arnaldo saracho em 09/08/2013 14:21:31
Ela colocou mal o termo , mas FEBRE MACULOSA MATA , capivara é hospedeiro de carrapato ,


Definição

A febre maculosa é uma infecção aguda causada por uma bactéria, a Rickettsia rickettsii. O homem é infectado através da picada do carrapato que eventualmente carrega esta bactéria nas suas glândulas salivares.
.
 
geraldo cançado em 09/08/2013 12:29:14
por muito pouco na av. NELLY MARTINS sentido bairro centro as 19:00hs de quarta elas "capivaras" não causarão um engavetamento bem em cima do redutor de velocidade de 50kh,era uma família grande acredito eu que pra não soltar na natureza porque as mesmo iram morrer, deveriam castrar os machos alfas de suas famílias né não?
 
valdenir nunes em 09/08/2013 11:58:20
Ninguém se perguntou como esses coelhos foram parar aí. Isso é coisa de gente irresponsável que compra coelho pra dar pro filhinho mimadinho. No fim não dão conta de cuidar do animal e abandonam o coitado nesses parques. E Suzi Costa, espero sinceramente que não seja uma profissional da saúde, pois a febre maculosa não é causada por vírus.
 
Laura Castellani em 09/08/2013 10:18:01
Deve ter um produto com cheiro ou gosto que impeça as capivaras de roer os troncos das arvores,e com fome elas não devem estar ali tem muitas plantas para se alimentarem,mas parece que agora a perseguição é com os animais que são o cartão postal de nossa cidade e estado,só gente de pouca inteligencia que pensa assim,destruir a natureza.
 
Teresa Moura em 09/08/2013 10:05:17
suzi da costa
temos a cidade toda pra usar, construir,sujar,ocupar de forma errada ate.
vamos implicar com coelhos e capivaras, estamos acabando com as reservas das cidades, estados e do brasil matando os animais por sermos hipocritas vamos defender os animais chega de ataca -los
 
nestor neto em 09/08/2013 09:59:13
Quem prega proteção da forma como está, deveria então também providenciar alimentos e cuidados à esses animais, e proteger também a mata ..
 
arnaldo saracho em 09/08/2013 09:52:28
O PLANETA TODO JÁ FOI HABITAT NATURAL DE ANIMAIS SELVAGENS, dinossauros, cobras, aranhas, escorpiões, gambás ....etc.... existe o processo natural de seleção e convivência, onde o mais forte (predador) elimina o mais fraco (presa) senão, estaríamos fritos . ZONA URBANA NÃO É LOCAL PARA ROEDORES.
 
roodlfo de toledo em 09/08/2013 09:50:07
DEVEMOS SIM RESPEITAR OS ANIMAIS PORÉM ELES TEM QUE ESTAR NO MATO LONGE DA POPULAÇÃO, ONDE É DE FATO O HABITAT DELES. POIS CENTROS URBANOS SÃO HABITAT DE SERES HUMANOS.
 
arnaldo saracho em 09/08/2013 09:17:52
Os animais querem liberdade ! deixa eles fazem oque querem . afinal nós que destruímos tudo ? poluição lixo desmatamento !! #Salve Salve "Preserve a vida dos animais "
 
Henrique Maques da silva em 09/08/2013 09:16:39
Morei na mata e brinquei naquele buraco quando criança, la tinha um lago enorme, que hoje e um ponte sobre um monte de areia, naquela epoca era preocupante pois a rua frontal estava ameaçada, ai vieram engenheiros a fizeram o que esta la ate hoje, porem e interessante fazer uma parceria com os escoteiros que tem no local para orientar as pessoas que por la passam e alimentar os bichinhos, e se for possivel a PMA junto com a FUNESP, providenciem os coxinhos e rações ai os animais viveriam em paz. galera tem gente que fica o dia todo sentado na guarita la sem fazer nada so contando folha de arvore que cai no chão. o meu dinheiro nao estaria sendo tao roubado se os bichinhos tivessem comida em abundancia. VAMOS DEFENSSORES DE ANIMAIS, SE MOBILIZEM!!! nao deixa acontecer o pior, organizem-se
 
marcio barbosa em 09/08/2013 09:16:15
Eu acho que a caça controlada da Capivara, dos Javalis e principalmente do Jacaré no Pantanal deveria ser liberada, está acabando o peixe...
 
Carlos Magno em 09/08/2013 09:13:59
Rodrigão, para com isso a Sra Suzi está certississima, é o progresso meu irmão, somos predadores, experimente criar umas dessas em vossa casa , não invadimos nada não, pensamentos como os seus estão ultrapassados, já pensou em dinossauros andando pelas avenidas ?? e jacarés ????
 
juraci montanha em 09/08/2013 09:12:24
Suzi da Costa...
NÓS invadimos o HABITAT DELES, destruímos suas matas, seus rios e que escolha eles tem? O habitat é deles sim, Suzi da Costa , e cabe a nós tentarmos viver em harmonia com eles. Pessoas com esse tipo de pensamento são as que destroem o ambiente e não respeitam os animais....
 
Rodrigo Adania em 09/08/2013 09:00:16
Em Campo Grande, MS a população de capivaras é muito grande, a cidade pelos seus parques oferece as condições para o crescimento, além do que nas cidades a falta de predadores naturais favorece o crescimento acelerado. Roer as árvores é um processo natural para as capivaras, elas são roedores e tem essa necessidade para desgastar os dentes como todo roedor. Os coelhos foram introduzidos pela população que muitas vezes levam para casa, quando pequenos, para criarem. Com o crescimento, procriação e o trabalho em casa fazem essas pessoas a se desfazerem dos mesmos e acabam soltando nos parques. O fato foi observado e está sendo estudado formas de controle sem que cause danos aos animais.
 
Antonio Carlos Silva Sampaio em 09/08/2013 08:55:56
Já não é mais habitat deles faz tempo, agora é nosso, e se não cuidarmos teremos somente prejuízos, inclusive sanitários pois esses animais são hospedeiros do carrapato estrela que é vetor de vírus de enfermidade grave chamada febre maculosa.
 
Suzi da Costa em 09/08/2013 08:44:03
Também gosto dos coelhos, acho que até vou colocar o meu lá.
 
Carlos Magno em 09/08/2013 08:26:39
onde esta o erro dos animais se alimentarem? as mudas deveriam estar com alguma grade ou proteção, apenas isso ,os animais nos parques são nosso grande atrativo. um diferencial de campo grande a outros centros urbanos. se perdermos isso seremos só mais uma cidade como outras.salvem os animais!
 
samuel vosni em 09/08/2013 08:24:43
Gente, esses animais estão na casa deles, a natureza é o habitat deles, qual o problema???
Isso é coisa de pessoas que não tem o que fazer e não gosta de animais. Se não querem conviver com eles então não vão ao Parque, pois quando não gostamos de alguma pessoa não vamos a casa dela!
A Policia Ambiental deve ficar de olho porque logo esses animais vão começar a aparecer machucados ou mortos!
 
Marta Tomaz em 09/08/2013 08:04:21
deixa os bichos comerem do que a erosão destruir
 
eraldo a bento em 09/08/2013 07:16:12
Não acho bonito dizer destroem mudas, o animal está na natureza ele não sabe o que é uma muda de árvore, está se alimentando. Deixem os bichinhos em paz.
 
Leticia alves em 09/08/2013 07:04:19
Só faltava essa ideia de burro, agora pra preservar ter de matar, hora hora vá cata coquinho! se a pessoa não se coloca a público é por que é um querendo aparecer, francamente matar as capivaras e coelhos para preservar o parque, a única coisa que tem de matar é esse pensamento de homem das cavernas!
 
sandra lima em 08/08/2013 20:25:59
Bom, capivaras sempre tive em Campo Grande, só que antes eles tinham uma area muito maior, ou seja, roendo uma arvore ou outro, as arvores sobreviviam. Agora, com todo cercado e casas (muros) por todo que é lado, só restam as arvores do parque...
Então a unica solução seria cercar as arvores recem plantadas com tela para evitar o dano. Afinal, assim como o ser humano, a capivara usa os recursos naturais disponiveis. E só vai se dar conta que algo ta errado quando o ambiente já é totalmente estragado.
Alias, o problema das capivaras aqui na cidade é a falta de predadores. Normalmente jacare come capivara. Ou seja: onde tem capivara deveria ter jacare, se não, sai do controle. Mas mesmo na area de preservação da UFMS ja captaram jacares para levar para longe. Assim, sobram capivaras demais.
 
Marcos da Silva em 08/08/2013 19:56:45
Absurdo, pedir autorização para fotografar parque público, tempos passados; porém a verdade é que esses animais estão completamente fora de seu habitat, dão prejuízo de todo tipo, inclusive sanitário pois são hospedeiros de carrapato estrela, vetor de febre maculosa grave enfermidade.
 
Suzi Costa em 08/08/2013 19:03:27
Coitados dos bichinhos.. vão acabar ganhando uma CPI na Câmara também...
 
Flávia Lima em 08/08/2013 18:09:55
Quer dizer que agora é assim, a imprensa não vai poder, exercer seu trabalho de, mostrar para a sociedade a real situação, o buracão vem de antes do Bernal e se não fazer nada ele vai engolir todo aquele barranco, não adianta jogar a culpa no anterior, tem que trabalhar para melhorar a coisa. Seria bom que o Campo Grande News, procurasse seus direitos e mostrasse a real situação. Campo Grande tem que ser tratada como uma Capital e não como um zoo aberto.
 
Milton Santolaia Miguel em 08/08/2013 17:55:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions