ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Carreta com carga roubada é apreendida em pátio de posto de gasolina

A carga de paprafusos, brocas e outros objetos foi roubada em Minas Gerais e seria entregue em Campo Grande

Por Mariana Rodrigues e Bruna Marques | 09/03/2021 07:37
A carreta foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário)Cepol e a carga será avaliada. (Foto: Henrique Kawaminami)
A carreta foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário)Cepol e a carga será avaliada. (Foto: Henrique Kawaminami)

Na noite dessa segunda-feira (8), policiais rodoviários federais abordaram uma carreta estacionado no pátio de um posto de gasolina localizado na BR-163, na região do Chácara das Mansões, em Campo Grande. O veículo estava com carga roubada em Minas Gerais e o autor de 33 anos aguardava para levar até endereço que ainda estava em negociação. Ele chegou a registrar boletim de ocorrência falso como se tivesse sido vítima de furto.

De acordo com a polícia, por volta das 23h, agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) faziam rondas quando acharam suspeito o caminhão estacionado no pátio do posto e foram verificar. Ao inspecionar a carga que estava na carroceria, através da etiqueta que constava nome e telefone da empresa proprietária dos produtos, foi possível constatar que se tratavam de objetos roubados.

Em contato com a empresa, localizada em Minas Gerais, o funcionário confirmou que a carga foi furtada em Ribeirão das Neves. Aos policiais, o autor contou que foi contratado na cidade de São Paulo (SP) por um conhecido identificado como “Nego Duro”, para trazer os objetos até Campo Grande. Pelo "serviço", receberia R$ 1,5 mil.

De acordo com informações do delegado Christian Duarte Mollinedo, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada), o endereço da entrega da carga estava em negociação.

O autor respondeu aos policiais, que sabia da origem ilícita da carga, além de conhecer alguns dos integrantes da quadrilha que o havia contratado, e que já havia feitos outros fretes para eles em datas anteriores.

Não foi possível fazer a conferência minuciosa da carga, uma vez que são milhares de objetos de diversos modelos, não sendo possível descarregá-los da carroceria do caminhão, mas dentre alguns dos objetos estavam parafusos e brocas.

Ainda conforme informações do delegado, foi apurado pelo cartório do plantão, que o autor possui envolvimento como vítima em outros boletins de ocorrência de roubo, registrados em outros estados, onde ele furtava a carga e depois se passava por vítima do furto.

O motorista, que também possui passagens por tráfico de drogas em Minas Gerais, foi preso e a carreta com os objetos furtados foram levados para a Depac do Cepol.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário