A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/12/2015 15:24

Carro de luxo volta de oficina com vários danos e 4 mil km rodados

Liana Feitosa
Combinado entre empresário e cliente era que maçaneta deveria ser reposta, mas veículo foi devolvido sem que o problema estivesse resolvido (Foto: Direto das ruas)Combinado entre empresário e cliente era que maçaneta deveria ser reposta, mas veículo foi devolvido sem que o problema estivesse resolvido (Foto: Direto das ruas)

O cabeleireiro Marcos Alexandre, de 29 anos, está vivendo um pesadelo com o carro dele, um Hyundai Azera de cor prata, ano 2010/2011. Em setembro deste ano ele deixou o veículo em uma oficina para passar por uma série de ajustes, mas o carro foi devolvido com riscos, lataria solta, problemas no freio e quase 4 mil quilômetros a mais rodados.

"Eu precisava fazer vários ajustes no carro. No dia 5 de setembro levei para um orçamento na Ogatha Vip Car e ficou combinado que seria feita a reposição de uma maçaneta, revisão de peças, serviços de funilaria e tratamento do couro dos bancos", conta Marcos.

De acordo com o cliente, o combinado foi que o serviço seria entregue em, no máximo, um mês. No entanto, o carro só foi entregue 80 dias após o combinado e com várias avarias.

Prejuízos - "Deixei o carro com 96 mil quilômetros rodados, mas ele voltou com mais de 100 mil rodados. Um dos tapetes do carro voltou rasgado, a maçaneta não foi recolocada, tem um furo no banco do passageiro, que é de couro e os serviços de funilaria foram mal feitos", completa o cabeleireiro.

Como se isso não bastasse, o dono da oficina postou fotos nas redes sociais ostentando o veículo do cliente, inclusive, fazendo selfie dentro do carro. Nesse tempo em que o veículo ficou na oficina, o dono da empresa, Lincon Ogatha, emprestou dois carros para o cliente, para que ele não ficasse à pé durante o período de conserto.

Veículo está com lataria solta, causando prejuízo no pneu. (Foto: Direto das ruas)Veículo está com lataria solta, causando prejuízo no pneu. (Foto: Direto das ruas)

"No entanto, um deles, a janela não abria e tinha vários problemas. Era um veículo antigo e mal cuidado. O segundo carro emprestado apresentou vários problemas de bateria e no freio e precisei jogar o carro no canteiro central e acionar o freio de mão para conseguir pará-lo em uma ocasião. Não tinha condições de uso", explica o cliente.

Para resolver impasse - Marcos alega que já tentou conversar com o empresário para tentar resolver a situação, mas desde o dia 25 nenhuma ligação é atendida.

"Quero meu carro consertado como foi combinado e acordado, quando o deixei para consertar em setembro", afirma.
"Já paguei quase R$ 4 mil pelos serviços, mas quero que tudo esteja funcionando. Quero o conserto do banco, quero pneus novos, a reposição da maçaneta, o problema no freio solucionado, a lataria arrumada e, os problemas de funilaria, resolvidos", lista Marcos.

Outro lado - O Campo Grande News conversou com o empresário acusado de negligência. Ele confirmou o empréstimo de veículos para o cliente, mas negou que utilizou o Azera de Marcos durante esse período. "Não usei o carro dele. Eu tenho dois carros, não preciso ficar usando o carro de ninguém", se defende Lincon Ogatha.

"Depois que entreguei o carro, o Marcos me ligou diversas vezes pedindo para mexer de novo, mas não vou fazer mais serviços nesse carro. Não quero mais fazer nada porque demora muito e não tenho tempo para ficar mexendo nisso", afirma.

Segundo o empresário, foi preciso terceirizar muitos dos serviços, por isso a demora na entrega. "Mas em nenhum momento deixei de conversar com ele", garante o empresário. "Ele que ficou me incomodando, mas não vou entrar no joguinho dele, vou entrar com um processo", finalizou Lincon.

Marcos registrou boletim de ocorrência contra a empresa.

Segundo Marcos, a selfie acima de empresário foi tirada dentro do veículo do cliente. (Foto: Reprodução/ Facebook)Segundo Marcos, a selfie acima de empresário foi tirada dentro do veículo do cliente. (Foto: Reprodução/ Facebook)
De acordo com cabeleireiro, veículo que aparece em foto do empresário Lincon pertence a Marcos. (Foto: Reprodução/ Facebook)De acordo com cabeleireiro, veículo que aparece em foto do empresário Lincon pertence a Marcos. (Foto: Reprodução/ Facebook)


Procurem o nome da empresa ou dono no google para ver os processos que ele tem, já sabemos onde não se deve levar o carro....furada!!
 
WILD em 27/12/2015 16:11:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions