ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Casal fazia cerca de 40 entregas de drogas por dia, ao custo de R$ 50 cada

Dupla foi presa em flagrante, durante operação da Denar, no bairro Guanandi

Luana Rodrigues e Amanda Bogo | 20/12/2016 16:02
Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, presos nesta segunda-feira (19). (Foto: Alcides Neto)
Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, presos nesta segunda-feira (19). (Foto: Alcides Neto)
Drogas e objetos apreendidos na casa do casal. (Foto: Alcides Neto)
Drogas e objetos apreendidos na casa do casal. (Foto: Alcides Neto)

Duas pessoas foram presas pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), durante uma operação realizada nesta segunda-feira (19), no bairro Guanandi, em Campo Grande. Elas são suspeitas de vender drogas por meio de delivery, o conhecido 'disque-drogas'.

Conforme informações do delegado João Paulo Sartori, desde outubro a polícia vem realizando ações para prender traficantes envolvidos neste esquema de entregas de drogas ‘a domicílio’.

As investigações apontam que Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, faziam cerca de 40 entregas por dia, e cada uma custava R$ 50.

Segundo a polícia, o "negócio" dava tão certo que nesta segunda-feira, quando os policiais chegaram na casa em que os dois estavam, na Rua Barra Mansa, o casal estava preparando porções de maconha para fazer novas entregas.

No local, a polícia apreendeu R$ 32 mil em dinheiro, além de 2,8 quilos de maconha, 64 porções de cocaína e 102 micropontos/ adesivos de LSD.

De acordo com o delegado, para entregar os entorpecentes, Diogo, que é cadeirante, usava um veículo Corolla, adaptado, que também foi apreendido pela polícia.

O casal, que já tem passagens pela polícia, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e está preso.

Nos siga no Google Notícias