ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  17    CAMPO GRANDE 35º

Capital

Casal fazia cerca de 40 entregas de drogas por dia, ao custo de R$ 50 cada

Dupla foi presa em flagrante, durante operação da Denar, no bairro Guanandi

Por Luana Rodrigues e Amanda Bogo | 20/12/2016 16:02
Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, presos nesta segunda-feira (19). (Foto: Alcides Neto)
Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, presos nesta segunda-feira (19). (Foto: Alcides Neto)
Drogas e objetos apreendidos na casa do casal. (Foto: Alcides Neto)
Drogas e objetos apreendidos na casa do casal. (Foto: Alcides Neto)

Duas pessoas foram presas pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), durante uma operação realizada nesta segunda-feira (19), no bairro Guanandi, em Campo Grande. Elas são suspeitas de vender drogas por meio de delivery, o conhecido 'disque-drogas'.

Conforme informações do delegado João Paulo Sartori, desde outubro a polícia vem realizando ações para prender traficantes envolvidos neste esquema de entregas de drogas ‘a domicílio’.

As investigações apontam que Diogo Coelho de Oliveira, 28 anos, e Fernanda Gertrudes Ribeiro, 31 anos, faziam cerca de 40 entregas por dia, e cada uma custava R$ 50.

Segundo a polícia, o "negócio" dava tão certo que nesta segunda-feira, quando os policiais chegaram na casa em que os dois estavam, na Rua Barra Mansa, o casal estava preparando porções de maconha para fazer novas entregas.

No local, a polícia apreendeu R$ 32 mil em dinheiro, além de 2,8 quilos de maconha, 64 porções de cocaína e 102 micropontos/ adesivos de LSD.

De acordo com o delegado, para entregar os entorpecentes, Diogo, que é cadeirante, usava um veículo Corolla, adaptado, que também foi apreendido pela polícia.

O casal, que já tem passagens pela polícia, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e está preso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário