A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/10/2014 13:22

Casos de sequestro relâmpago aumentam e somam três ocorrências

Francisco Júnior

Casos de sequestro relâmpago vem acontecendo com frequência em Campo Grande nos últimos dias. Só neste mês de outubro foram três registros.

O último caso registrado aconteceu no dia 23. Um caminhoneiro de 38 anos ficou em poder de bandidos por cerca de 7 horas. Por volta das 22 horas daquele dia, a vítima chegava em casa na Vila Popular, quando foi abordada por três homens, que foram até o local de caminhonete.

A intenção dos sequestradores era roubar o caminhão que a vítima dirigia. Dois bandidos entrou no veículo, enquanto que o terceiro ficou na caminhonete dando cobertura.

Após percorrer vários trechos da cidade, o caminhoneiro foi levado até uma casa na região da Uniderp Agrárias na BR-163, onde ficou amarrado até por volta das 4h30 do outro dia. Ele foi liberado após setes horas no cativeiro.

O veículo foi levado até Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, mas acabou recuperado pela polícia.

Um dia antes (22) uma estudante de 21 anos também foi alvo deste tipo de crime. A jovem estava em frente da universidade que estuda no bairro Amambaí esperando o professor quando um homem armado invadiu seu carro e a obrigou a dirigir em direção do Indubrasil.

Eles rodaram algum tempo e na sequência o criminoso a amarrou em uma cerca e fugiu do local com o carro Onix. A vítima conseguiu se soltar e correu para a estrada e começou a pedir socorro. Um motociclista passava pelo local e ajudou à jovem e a levou até o Batalhão da PM do Bairro Coophavila 2.

Já no dia 19, três jovens foram feitos reféns na Vila Planalto. As vítimas, dois rapazes, sendo um de 20 e outro de 22, e uma mulher de 29 anos, estavam conversando em frente de casa e foram surpreendidos por dois homens armados.

A dupla anunciou o assalto e ordenou que os três entrassem na caminhonete, uma Toyota Hilux que pertence a um dos rapazes. Um dos assaltantes assumiu a direção e, acompanhado do comparsa, saiu do local levando as vítimas.

Durante o trajeto, garantiram aos três amigos que não irão fazer nada com eles, pois só queriam a caminhonete.
As vítimas ficaram em poder dos bandidos por alguns minutos e foram liberadas na região do Bairro Santa Carmélia.

Os assaltantes ainda deram dinheiro para que elas voltarem de táxi para casa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions