A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

08/10/2018 07:19

Catadora de recicláveis assassinada no Caiobá tinha 43 anos

Crime aconteceu na Rua na Vélia Berti de Souza, no Portal Caiobá II. O marido da vítima também foi ferido, mas não corre risco de morte

Viviane Oliveira
Local onde Rita Helena foi assassinada com tiro no pescoço no Portal Caiobá II (Foto: Direto das Ruas) Local onde Rita Helena foi assassinada com tiro no pescoço no Portal Caiobá II (Foto: Direto das Ruas)

Foi identificada como Rita Helena Hivanis Martines, 43 anos, a catadora de recicláveis assassinada com tiro no pescoço na noite de ontem (7), na Vélia Berti de Souza, no Portal Caiobá II, em Campo Grande. O marido dela, Vagner Cardoso Belga, 46 anos, também foi baleado, mas não corre risco de morte.

Conforme a Polícia Militar, testemunhas relataram que o crime aconteceu após uma briga entre o suspeito e o casal. O atirador pilotava uma motocicleta e durante a fuga deixou cair o capacete, que foi apreendido e entregue à Polícia Civil.

Rita Helena morreu antes da chegada do socorro. Já o marido dela foi atingido com tiro no tórax e socorrido pelo Corpo de Bombeiros para uma unidade de saúde. O suspeito está foragido, mas já foi identificado. O casal, segundo a polícia, era dependente químico e tudo indica que o crime foi acerto de contas. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions