A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

09/01/2019 09:07

Ceinfs 'mudam' de nome e diretores são designados nas escolas municipais

Segundo secretária de Educação, alteração de denominação acompanha modelo de atendimento às crianças

Mayara Bueno
Fachada do Ceinf Marta Dulce Prata, no Jardim Noroeste. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).Fachada do Ceinf Marta Dulce Prata, no Jardim Noroeste. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).

A edição do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (dia 9) traz a nomeação dos diretores e diretores-adjuntos das escolas municipais, eleitos em processo feito em 2018, e também mudanças na nomenclatura de Ceinfs (Centro de Educação Infantil).

A partir da página 9, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) exonera os indicados nos cargos e nomeia os eleitos. Na frente dos nomes, estão as escolas municipais que serão comandadas.

O pleito eleitoral ocorreu em 29 de novembro de 2018, pela primeira vez. A promessa era antiga em diversas campanhas e exigiu, entre outros pré-requisitos, que o candidato tivesse pós-graduação na área de educação. O mandato é de quatro anos e será permitida reeleição “quantas vezes forem de interesse de comunidade escolar”.

Mudança de nome – A Secretaria de Educação de Campo Grande também mudou a denominação dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil), que agora serão chamados de Emei (Escola Municipal de Educação Infantil).

O texto divulgado hoje se baseia na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. “Justifica a necessidade de se adequar e padronizar a nomenclatura que designa os centros de educação infantil da Rede Municipal de Ensino”. As instituições de ensino alvo da mudança são destinadas a crianças de até cinco anos.

Segundo a secretária de Educação, Elza Ortelhado, a mudança faz parte de um trabalho iniciado anteriormente, no qual transformou, de forma gradativa, o modelo das creches, que agora prestam atendimento escolar e não só o de cuidar dos filhos pequenos enquanto os pais trabalham.

“Estamos procurando fazer um atendimento como escola, independentemente da faixa etária, trabalhando pela formação dos professores, assistentes”, afirma. Ainda de acordo com a titular, as fachadas das instituições serão modificadas gradativamente.

Na relação publicada, constam as 101 instituições cujo nome "base" foi alterado para Escola Municipal de Educação Infantil. O restante continua igual.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions