A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

09/12/2016 14:31

Chuva abre crateras e danifica estrutura de córregos na Capital

Amanda Bogo e Adriano Fernandes
Cratera na rua Mundo da Lua foi sinalizada com cones para evitar acidentes (Foto: Adriano Fernandes)Cratera na rua Mundo da Lua foi sinalizada com cones para evitar acidentes (Foto: Adriano Fernandes)

A chuva que atingiu Campo Grande na tarde de quinta-feira (8) causou estragos em diversas áreas da cidade, entre queda de árvores, alagamentos e socorro de pessoas. No Conjunto Residencial Estrela do Sul, duas crateras se formaram após o temporal. Em córregos da cidade, estruturas de contenção ficaram expostas e o volume de água está alto.

De acordo com moradores da Rua das Balsas, local onde a cratera se formou por volta das 15h30 de quinta, uma equipe da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) esteve no local no período da manhã desta sexta-feira (9). Eles depositaram pedras próximo ao local e informaram que irão retornar no sábado (10), caso a chuva cesse. 

O caso não é recente no local. Um morador, que não quis ser identificado, disse que o mesmo problema ocorreu há dez anos, em proporção menor.

Cratera na rua das Balsas (Foto: Adriano Fernandes)Cratera na rua das Balsas (Foto: Adriano Fernandes)

Na Rua Mundo da Lua, próxima à Rua das Balsas, uma cratera de pelo menos dois metros de profundidade e dois de largura foi aberta no meio de uma calçada devido ao mau tempo de ontem. “Eu passei por aqui e fui levar meu esposo no ponto de ônibus. Quando voltei, a cratera já estava aberta. Foi no intervalo de no máximo cinco minutos”, contou Uria Leite, 38 anos.

Conforma a manicure, há dois meses um buraco se formou no mesmo local onde passa estruturas fluviais. Na oportunidade, a prefeitura fez o reparo. Hoje, funcionários da Seinthra fizeram sinalização com cones para que não ocorram acidentes.

A prefeitura de Campo Grande, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que no local é necessário fazer a reconstrução da caixa de PV (Poço de Visita), o que não é possível com o solo úmido e o tempo chuvoso. As obras serão realizadas quando o tempo estiver firme caso não exista risco de desmoronamento. O uso de sinalização nos locais foi ressaltado.

Córregos - Apesar de não estar no limites, os córregos de Campo Grande estão com o volume de água alto, monstrando o risco de transbordar caso nova chuva intensa ocorra na cidade.

No Córrego do Prosa, sacos de contenção estão a mostra depois da chuva de ontem. Partes de concreto para contensão do volume de água também ficaram danificadas. Na avenida Ernesto Geisel, o Córrego Segredo está com o volume de água alto.

Sacos de contensão do córrego Prosa ficaram expostos após a chuva (Foto: Adriano Fernandes)Sacos de contensão do córrego Prosa ficaram expostos após a chuva (Foto: Adriano Fernandes)
Volume de água do córrego Segredo neste momento (Foto: Adriano Fernandes)Volume de água do córrego Segredo neste momento (Foto: Adriano Fernandes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions