A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/02/2014 16:26

Chuva e granizo atingem Capital; vendaval faz estragos e arrasta mulher

Edivaldo Bitencourt e Mariana Lopes
Na Avenida Eduardo Elias Zahran, parte de tapume foi arrancado pelo vendaval (Foto: Cleber Gellio)Na Avenida Eduardo Elias Zahran, parte de tapume foi arrancado pelo vendaval (Foto: Cleber Gellio)

Um temporal causou queda de árvores, estragos em casas e estabelecimentos comerciais. O vendaval até arrastou uma mulher e uma cama boxe no Bairro Vilas Boas. Houve queda de granizo e a chuva forte atingiu várias regiões da Capital.

O vendaval entortou o semáforo no cruzamento da Rua Bom Pastor com a Avenida Eduardo Elias Zahran, no Bairro Vilas Boas. Em um posto de combustível na avenida, o vento arrastou o tapume de três metros de extensão.

“Foi um barulho muito grande”, contou o vigilante do posto, Luiz Pereira do Nascimento, 60 anos, no Jardim TV Morena.
Houve queda de árvores e galhos em vários bairros, como TV Morena, Monte Líbano, São Lourenço, Vilas Boas e São Bento. No Bairro Miguel Couto, o vendaval destruiu parcialmente o prédio de uma concessionária de veículos.

“O vento foi muito violento”, contou Gabriela Rodrigues, 29, vendedora de uma loja de colchões no cruzamento da Zahran com a Bom Pastor. Ela sentiu na pele, literalmente, a força do temporal. O tentar recolher a cama boxe, a mulher foi levada pelo vento e caiu em cima de um veículo estacionado na via.

Vento forte entortou semáforo na Avenida Eduardo Elias Zahran (Foto: Cleber Gellio)Vento forte entortou semáforo na Avenida Eduardo Elias Zahran (Foto: Cleber Gellio)
Chuva causou queda de árvores e galhos no Vilas Boas (Foto: Jader Mussato Rodrigues/Facebook)Chuva causou queda de árvores e galhos no Vilas Boas (Foto: Jader Mussato Rodrigues/Facebook)

Ela relatou que o boxe foi parar no meio da avenida, que acabou sendo recolhido pelos vizinhos. Gabriela estava muito assustada e com dores no corpo.

Houve queda de granizo na Vila Ipiranga, na região da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Segundo a Infraero, na região da saída para Aquidauana, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, as rajadas de vento atingiram 31,4 quilômetros por hora. Não foi divulgado a velocidade na região mais castigada pelo temporal.

A chuva foi mais intensa no Bairro Aero Rancho, perto do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian, onde foram 17,7 milímetros. Também choveu na região do Córrego Prosa (14,25 mm), do Shopping Norte Sul Plaza (12 mm) e da Universidade Católica Dom Bosco (2,5 mm).

O temporal ocorreu após o calor de 33,9º C no início da tarde de hoje na Capital.

Leitor flagrou vidro de concessionária de veículos que foi de destruído pelo temporal (Foto: Bruno Coutinho)Leitor flagrou vidro de concessionária de veículos que foi de destruído pelo temporal (Foto: Bruno Coutinho)
Concessionária foi destelhada na Avenida Eduardo Elias Zahran (Foto: Cleber Gellio)Concessionária foi destelhada na Avenida Eduardo Elias Zahran (Foto: Cleber Gellio)



aqui no jd das horténcia choveu bastante no parti chegou arrancar a cobertura do ponto de onibus
 
noe francisco em 11/02/2014 09:35:53
aqui na vila célia nem choveu... ou melhor choveu dois pingos. espero que esteja tudo bem com as pessoas dai.
 
elaine da silva em 10/02/2014 18:38:19
Aqui na Moreninha é tão longe que nem a chuva chega ....kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!
 
Fabiano Nunes em 10/02/2014 17:37:37
E na Moreninha seco,seco sem uma gota de chuva até agora.
 
karin dantas em 10/02/2014 16:47:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions