A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/12/2011 18:54

Ciptran apreende carro clonado roubado após dono receber multas de radar

Ana Paula Carvalho
Carro roubado clonado é escoltado por policiais (Foto: Divulgação)Carro roubado clonado é escoltado por policiais (Foto: Divulgação)

Um EcoSport prata com placas de Diadema, São Paulo, clonado foi apreendido por policias da Ciptran (Companhia Independente da Polícia Militar de Trânsito) na sexta-feira, após o dono do veículo regular receber multas de radares em Campo Grande.

De acordo com a Polícia, o carro foi roubado em 2009 em São Paulo e transformado em “dublê” de outro veículo, também um EcoSport prata, de Diadema. Ele recebeu a mesma numeração de placa, chassi e motor do outro veículo.

A suspeita da clonagem só começou após o dono do veículo receber as multas em casa. Ele estranhou e procurou a Polícia daquele estado alegando que nunca esteve em Mato Grosso do Sul. A Ciptran foi acionada e começou a investigação.

Com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), descobriram que nos dias 26 de agosto e 28 de novembro o carro foi flagrado em alta velocidade pelo radar que fica na saída para Sidrolândia na avenida Marechal Deodoro. No dia 25 de outubro o mesmo carro foi multado ao passar pelo radar da avenida Afonso Pena. Todas as vezes ele estava no sentido Centro-bairro.

Os policiais passaram dois dias monitorando o radar próximo ao bairro Aero Rancho até flagrarem o veículo. Motorista e carro foram escoltados à Defurv (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos de Veículos).

O homem, de 41 anos, foi ouvido e liberado por ter alegado que agiu de boa fé comprando o veículo de outra pessoa sem saber que era clonado.

Para evitar situações como essa, a Ciptran orienta que as pessoas procurem a Defurv e o Detran para verificar se o carro está regular antes de efetuar a compra. Só em 2011 três carro clonados foram apreendidos pela Polícia de Trânsito em Campo Grande.



" nos dias 26 de agosto e 28 de novembro o carro foi flagrado em alta velocidade pelo radar na av Marechal Deodoro. No dia 25 de outubro o mesmo carro foi multado ao passar pelo radar da avenida Afonso Pena. Todas as vezes ele estava no sentido Centro-bairro' Ora pois o cidadão passa diversas vezes pelo mesmo Radar em alta velocidade e ainda alega que agiu de BOA FÉ, AH dá licença, conta outra.
 
Paulo Pereira em 28/12/2011 12:04:48
eu passei por isso, e entendi que o carro clonado que estava em sao paulo, tinha documento original de campo grande, e tinha recibo em branco tambem, com isso se entende que alguem do detran de ms, fazia uma segunda via e entregava para alguem de alguma quadrilha de fora, fiquei que nem besta indo no detran ms, falando com um e com outro ninguem resolve nada, unico caminho entrar na justiça
 
luiz fernandes em 28/12/2011 08:57:59
É papo furado desse motorista. É fácil para ele dizer isso agora. Mas e as várias multas que ele provocou? Isso não prova que ele não é uma pessoa idônea?
 
Márcio Patrocinio em 28/12/2011 06:26:10
o cara leva varias multas e diz que nao sabia que o carro era clonado,muito burro mesmo.
 
eduardo domingos em 27/12/2011 11:47:39
PARABENS AOS POLICIAIS DA CIPTRAN QUE APESAR DE TEREM COMO ATIVIDADE FIM FISCALIZACAO E ATENDIMENTO DE ACIDENTES, TAMBEM PROCURAM EFETUAR ABORDAGENS E OUTROS ATRIBUTOS DA POLICIA MILITAR.
 
marcos goes em 27/12/2011 08:19:23
Espera aí: a polícia acreditou e liberou o sujeito??!! Não dá para acreditar...
 
Adriano Roberto dos Santos em 27/12/2011 07:16:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions