A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/05/2013 22:28

Com denúncias de tráfico, PM faz operação em 4 bairros da região sul

Nyelder Rodrigues e Mariana Lopes
Até o iníco da noite desta sexta-feira, pelo menos dois bares foram fechados por irregularidade no alvaráAté o iníco da noite desta sexta-feira, pelo menos dois bares foram fechados por irregularidade no alvará
Abordagem dos policiais nos bares (Fotos: Marcos Ermínio)Abordagem dos policiais nos bares (Fotos: Marcos Ermínio)

A Polícia Militar (PM) faz nesta noite uma operação ostensiva nos bairros Cidade Morena, Moreninha 2 e 3, Universitário, Itamaracá e Nova Jerusalém, todos da região sul de Campo Grande. A operação começou às 20h, e a previsão é que termine à meia-noite.

O foco das abordagens são locais com grande concentração de pessoas, como bares, conveniências e praças, visando inibir portes de armas, consumo e porte de drogas, descumprimento da lei seca, e também fazer cumprir mandados de prisão.

De acordo com o comandante da operação, o tenente Sinval Caiçara de Menezes, a ação é uma resposta da Polícia Militar aos pedidos da população por mais segurança na Capital, principalmente nos bairros da periferia.

Entre as principais reclamações dos moradores da região, está o alto número de bocas de fumo e usuários de drogas pelas ruas. Além de inibir o tráfico e consumo de entorpecentes, a operação é preventiva contra possíveis furtos e roubos.

A região das Moreninhas é uma das maiores da Capital. Recentemente, um grupo de jovens e adultos arquitetou o atentado em que uma grana foi jogada na porta do Pelotão da PM do local. Por sorte, o artefato não explodiu. Há algumas semanas, algumas pichações escritas “PM bom é PM morto” também foram encontradas ali.

“Essa região já foi muito mais perigosa. Já teve muitos mais casos de homicídios, por exemplo. Mas hoje, está mais controlada”, comenta o comandante, acrescentando que na região são cumpridos pela PM entre sete e oito mandados de prisão por semana em rondas rotineiras.

A reportagem acompanhou duas abordagens a bares, um na rua Ponte Firme, e outro no cruzamento das ruas Copaíba e Peruíbe. Ambos os locais ficam nas Moreninhas, e o entorno deles foi verificado pelos policiais, em busca de armas ou drogas escondidas.

Revistas pessoais foram feitos nas pessoas abordadas, e policiais femininas acompanharam a ação para revistar as mulheres. Ninguém ainda foi preso.

Um dos que gostou da ação policial foi o morador Valdinei Costa Bernardo, de 32 anos. Para ele, é muito importante a realização dessas operações, pois chamam a atenção dos bandidos, e por isso elas deviam ser mais constantes.

“Tenho filhos, crianças que sempre brincam na praça, e há muitos usuários de drogas que vão ali para fazer comércio de entorpecentes, e até intimidam as crianças”, conta Valdinei, ao se referir à praça que fica na rua Peruíbe, atrás do segundo bar fechado.

Já o pai de Valdinei, seu Austrílio Bernardo, de 57 anos, afirma que a presença em massa da polícia trás mais segurança aos moradores, e também inibe os motoristas em alta velocidade, um dos problemas do bairro.

Os dois bares foram fechados pela PM porque os alvarás deles não permitiam que continuassem abertos. No primeiro bar, na rua Ponte Firme, o alvará permita funcionamento apenas até às 18h.

O proprietário, Jorge de Lima, de 40 anos, acha que a abordagem é um pouco constrangedora, mas concorda que ela ajuda a inibir criminosos nas ruas. Para ele, a ação podia ter sido feita mais tarde, em horário em que a maioria dos crimes são realizados por causa da maior quantidade de drogados e pessoas muito alcoolizadas nas ruas.



Parabéns sou morador das Moreninhas aprovo estas ação esperamos sempre outras vezes e muio bom.
 
itamar madalena em 18/05/2013 09:17:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions