A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/11/2011 18:47

Com emenda de mais de meio milhão, Mercadão começa plano de reforma e ampliação

Paula Maciulevicius

Diretoria tem até o dia 10 de dezembro para entregar junto à prefeitura, projeto da reforma a ser aprovado pela Caixa Econômica

Senador Delcídio se comprometeu a liberar segunda emenda, de R$ 600 mil, até abrilm de 2012. (Foto: João Garrigó)Senador Delcídio se comprometeu a liberar segunda emenda, de R$ 600 mil, até abrilm de 2012. (Foto: João Garrigó)

Com emenda de mais de meio milhão de reais o Mercadão agora corre contra o tempo para desenvolver o projeto de ampliação e revitalização do prédio. A viabilização de R$ 585 mil reais vindos do Orçamento da União e a contrapartida de R$ 117 mil da prefeitura são o pontapé inicial para resolver a parte elétrica e em seguida reformar banheiros e questões de acessibilidade.

Em reunião na tarde desta segunda-feira com a diretoria do Mercadão, o senador Delcídio do Amaral (PT), que foi quem viabilizou a verba se comprometeu também a conseguir uma segunda emenda, no valor de R$ 600 mil reais para até o fim do primeiro trimestre de 2012.

A diretoria do Mercadão tem até o dia 10 de dezembro para entregar junto à prefeitura, o projeto de início da reforma, que deve ser aprovado pela Caixa Econômica Federal.

A escolha por começar pela parte elétrica é por conta da precariedade, o serviço é o mesmo desde a construção, há mais de 50 anos.

“Essa é a maior necessidade do Mercadão hoje, o sistema elétrico precisa ser revitalizado. Ampliar é consequência, não adianta a ampliação e não mexer nessa parte”, diz o vice-presidente da Associmed (Associação dos Comerciantes do Mercado Municipal) Cleuber Gonçalves.

Inaugurado em agosto de 1958, o Mercadão tem hoje 144 bancas e 79 boxes. O movimento faz jus aos pontos de venda, só de trabalhadores são 600 e aproximadamente 4,5 mil pessoas circulam pelo local todos os dias.

“A ampliação é o principal e essa necessidade foi comprovada com o sucesso de público do Festival do Pastel, precisamos de uma praça de alimentação. Há 50 anos o Mercadão foi construído para uma cidade de 130 mil habitantes, hoje com 800 mil ainda é o mesmo Mercadão”, coloca o presidente da Associação Ronald Kanashiro.

A ideia de ampliação proposta pela direção do estabelecimento inclui um projeto de dois andares e um calçadão ocupando a rua 7 de Setembro ligando o Mercadão à Praça dos Índios.

Contudo, a ampliação não exclui a colocação de mais bancas. A extensão do Mercado envolve apenas a construção da Praça de Alimentação e a expansão das bancas já existentes.

“Precisamos sentar 600 pessoas, seria colocar 150 mesas, não vai sobrar espaço para mais bancas”, explica o vice-presidente Cleuber.

Estacionamento - Independentemente das obras que venham a seguir, o Mercadão iniciou na semana passada a cercar o estacionamento. A construção vem de recursos próprios e para dar mais segurança aos clientes.

“A ação da nossa segurança não era tão eficaz por ser aberto. Cercar vai dar maior segurança aos clientes e ao nosso patrimônio”, exemplifica Ronald Kanashiro.

A situação se agravava ainda mais com a chegada da noite. “Usuários de drogas tomavam conta, aqui virava a verdadeira cracolândia”, completa Ronald.

No entanto o esquema do estacionamento se mantém o mesmo. Ao realizar qualquer compra o cliente tem a parada quitada.

Pombos - Durante a reunião, foi colocado também a questão dos pombos em meio ao comércio. A situação que é recorrente promete ser resolvida pela direção, assim que o prédio foi revitalizado.

“Faz parte do nosso projeto, de climatizar e fechar o Mercadão. Mas essa é uma ideia inicial, ainda pode ter modificações”, ressalta o Cleuber Gonçalves. (correção feita às 22h29)



É BOM SABER QUE TEREMOS MELHORES CONDIÇÕES E HIGIENE EM NOSSAS COMPRAS,E QUE A SEGURANÇA,TANTO DO MERCADO COMO DA PRAÇA DOS INDIOS SERÁ MELHOR,POIS QUEM MORA NAS REDONDEZAS TEM MELHORIA TAMBÉM.
QUE SEJA IMPLANTADO LOGO A REVITALIZAÇÃO,PARABÉNS.
 
LÚCIA HELENA MALUF em 08/11/2011 10:02:13
Parabens Ronald assim se ve o futuro TFA
Clelio
 
clelio augusto em 08/11/2011 08:21:56
tomara deus que desta vez realmente surja alguma modificaçao para melhor no nosso mercadao pois desde criança ja foram feitas varias reformas...pena que nada mudou...
 
adir jorge diniz em 07/11/2011 09:52:48
Sou a favor de liberar mais espaço sim, mas com oportunidades de mais pessoas poderem abrir seu negócio ali nesse local !! Pois se não seria um monopólio só de quem ja possui banca ali!!! ja que vai ampliar, que seja justo a abertura de mais bancas e box para outras pessoas !!!
 
Cristiano Afonso em 07/11/2011 08:47:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions