ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Com estoque quase zerado, Hospital Cândido Mariano pede doações de leite materno

Lugar é referência no assunto e enfrenta dificuldades para nutrir os bebês internados

Por Natália Olliver | 29/02/2024 12:36
Estoque de hospital está baixo e unidade pede ajuda (Foto: Divulgação)
Estoque de hospital está baixo e unidade pede ajuda (Foto: Divulgação)

Hospital Cândido Mariano, referência em aleitamento materno na Capital sul-mato-grossense, passa por dificuldades para manter a nutrição dos bebês internados. Com estoque quase zerado, a unidade pede ajuda com doações do insumo.

O período faz parte das fases críticas de coletas, que contemplam os meses de janeiro, fevereiro, julho e dezembro. Vanessa Torres, nutricionista responsável pelo setor no hospital explica que o estoque não alimenta sequer 10% dos bebês.

“Nosso estoque tem 11 potes de leite para os bebês. Para atender hoje 100% dos por mamada seria necessário 3692 ml de leite, porém estamos atendendo somente 318 ml de leite. Não dá nem 10% dos bebês”. Segundo ela, por dia, seriam necessários 10 litros de leite materno.

Freezer de armazenamento quase vazio no hospital Cândido Mariano (Foto: Divulgação)
Freezer de armazenamento quase vazio no hospital Cândido Mariano (Foto: Divulgação)

O hospital conta com 53 leitos neonatal. Para doar, a mulher precisa estar saudável e em período de amamentação do bebê. Vanessa ressalta que o que é destinado ao hospital é o excedente. “Ela faz um cadastro conosco, apresenta a carteira gestante e exames, e combinamos a visita domiciliar, nos levamos frasco caso não tenha”, explica a nutricionista.

A coleta é feita de segunda a quinta-feira no período da manhã.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias