A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/01/2013 09:49

Com foco no combate à dengue, Prefeitura lança "Mutirão de Saúde"

Em dezembro, número de casos da doença foi 4,5 vezes maior que no mesmo mê de 2011

Paula Vitorino e Luciana Brazil
Secretário de Obras diz que equipes vão atuar na limpeza de entulho. (Foto: Rodrigo Pazinato)Secretário de Obras diz que equipes vão atuar na limpeza de entulho. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi instituído a partir de hoje em Campo Grande, o "Mutirão Saúde em Ação", promessa feita durante a campanha pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Conforme publicado no Diário Oficial, o objetivo é combater endemias em caráter emergencial e diminuir a demanda de atendimentos nas unidades de saúde pública de Campo Grande. A principal preocupação é  com os casos de dengue. 

De acordo com o titular da Seintrha, Semy Ferraz, três equipes da secretaria irão iniciam a partir de amanhã os trabalhos de coleta de entulho na cidade, com o objetivo de reduzir os criadouros de mosquito, principalmente o que transmite a dengue. A partir de segunda-feira, conforme Semy, cada equipe receberá o reforço de 30 funcionários, além disso, equipamentos serão disponibilizados para os trabalhos.

“São funcionários que tem contrato de limpeza com a prefeitura e serão redistribuídos para esse trabalho. O foco da limpeza será os bairros que tem maior número de casos de dengue”, diz.

Em dezembro, Campo Grande teve notificados 1938 casos de dengue, 4,5 vezes o número de registros do mesmo mês em 2011. No ano passado, foram 3 mortes provocadas pela doença na cidade. 

O decreto tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado, e determina o envolvimento de três secretarias e da Coordenaria Geral de Segurança Pública para definir as ações emergenciais. 

A coordenação do mutirão será feita pelo Gabinete de Crise, formado pelos titulares das secretarias de Saúde, Políticas e Ações Sociais, e Infraestrura, Transporte e Habitação (Seintrha), além da coordenadoria de segurança pública. No entanto, ainda não foi nomeado secretário para a pasta de Políticas e Ações Sociais e Cidadania. De acordo com a assessoria de imprensa de Bernal, a segurança pública será de competência da Guarda Municipal.

De acordo com o decreto, a comissão deverá colocar a disposição do mutirão todos os recursos materiais e funcionários que sejam necessários para a implementação das políticas de saúde propostas.

A comissão tem o prazo de dois dias, a partir de hoje, para apresentar o cronograma de trabalho, com as medidas emergenciais de prevenção, controle e combate de endemias.

Entre as competências das pastas integrantes da comissão, estão: identificar o quadro endêmico do município; levantar a logística necessária para o mutirão; elaborar e executar as medidas de prevenção; solicitar aos demais órgãos da administração municipal a disponibilização de dados, informações, recursos materiais e de pessoal necessários para as ações; e apresentar mensalmente ao prefeito relatórios dos trabalhos desenvolvidos.

No final dos trabalhos do mutirão, um relatório com todas as ações desenvolvidas deverá ser entregue no prazo de 30 dias para a prefeitura.

Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...
Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions