A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

27/08/2015 21:09

Com licitação suspensa, PM deve seguir sem viaturas novas

Thiago de Souza e Alan Diógenes
Governador disse que é preciso investir na estrutura da Polícia Militar. (Foto: Vanessa Tamires) Governador disse que é preciso investir na estrutura da Polícia Militar. (Foto: Vanessa Tamires)
Secretário Sílvio Maluf destacou a necessidade de adquirir mais viaturas para a PM. (Foto: Vanessa Tamires)Secretário Sílvio Maluf destacou a necessidade de adquirir mais viaturas para a PM. (Foto: Vanessa Tamires)

Durante a solenidade de lançamento do Gecam (Grupamento Especializado Com o Apoio de Motocicletas) da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, na noite desta quinta-feira (27), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) falou sobre o impasse na locação de viaturas para a PM no Estado.

O governador justificou o atraso devido a suspensão do processo licitatório pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O órgão pediu os documentos necessários sobre o processo, que estão sendo disponibilizados. O chefe do executivo destacou a necessidade de “reestruturar a estrutura da Polícia” e disse que criar grupos como o Gecam, foi uma missão.

O titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) Sílvio Cesar Maluf também justificou atraso na locação das viaturas, e disse que uma das empresas que se inscreveram no pregão, recorreu ao TCE, por conta de uma falha técnica na hora de homologar a oferta. Para o secretário, mesmo a secretaria tendo declarado um erro da empresa, o Tribunal suspendeu toda a licitação.

Para o titular da pasta, a alternativa é comprar novas viaturas, porém, afirmou que não há recursos disponíveis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions