A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/10/2012 12:30

Com número menor de cavaletes nas ruas, o povo agradece

Mariana Lopes
Dona Neuza acreita que o que convenceu os eleitores foi o caráter dos candidatos e não os números espelhados pela cidade (Foto: Minamar Júnior)Dona Neuza acreita que o que convenceu os eleitores foi o caráter dos candidatos e não os números espelhados pela cidade (Foto: Minamar Júnior)

Vésperas das eleições 2012 e último dia de caveletes espalhados pelos canteiros da cidade. A partir das 22h de hoje, os candidatos são obrigados a recolher todo tipo de propaganda eleitoral, e quem agradece é a população.

Na manhã deste sábado, pelo menos do centro de Campo Grande o número de cavaletes e placas já estava bem reduzido, se comparado aos outros dias da campanha eleitoral, situação que provocou muita reclamação das pessoas, principalmente dos motoristas, que alegavam que as placas atrapalhavam o visibilidade das ruas.

O taxista Aldemir Gonçalves Queiroz, de 46 anos, além de deixar bem claro o quanto os caveletes atrapalharam os motoristas, ainda critica a falta de respeito de alguns candidatos e da falta de fiscalização. "O permitido era as propagandas ficarem expostas só até às 22h, mas ontem mesmo eu estava na rua e vi um monte delas por aí durante a madrugada", denunciou, sem citar nomes.

Mas não são somente os motoristas que reclamam. Para a auxiliar de sala Rosangela Aparecida da Silva da Rocha, 48 anos, os famosos caveletes que na campanha deste ano brotaram em todos os canteiros de Campo Grande poluiu a cidade. "Eu vejo durante meu trajeto no ônibus, ficou feio", comenta.

Com uma opinião mais crítica, a aposentada Neuza Marques Ferreira, 67 anos, embora afirme que não se simpatiza muito com a ideia de ter a cidade forrada de cavaletes, a crítica dela vai mais além da estética. "Esse tipo de propaganda não deveria convencer o eleitor, o que deveria ganhar o voto é o caráter dos candidatos", enfatiza, confessando que o voto dela é para dar lugar a gente nova, tanto para prefeito, quanto para vereador.

 

 



É muito bom estar no final dessas eleições. Uffa! Voltar a rotina de sempre é muito bom. Precisamos agora torcer para que o povo vote com consciência e não venda seu voto. Os olhos do povo têm sidos abertos a cada eleição. O eleitor já não é o mesmo de alguns anos atrás. Isso é muito bom.
 
Mírian Borges C. Lacerda em 06/10/2012 13:07:11
Não vejo nenhum problema nos cavaletes espalhados pela cidade. Se os candidatos não podem colar seus cartazes pelos muros e postes como era antes, e foi proibido por lei, é necessário a divulgação do seu nome e seu número em algun lugar, pois afinal de contas nem todas as pessoas assistem o horário eleitoral. É algo que se coloca e se tira. Não vejo poluição nenhuma. Mírian Borges C. Lacerda
 
Mírian Borges c. lacerda em 06/10/2012 13:03:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions