A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/06/2015 16:37

Com salário de até R$ 16 mil, 60% recebem de R$ 5 mil a R$ 10 mil

Edivaldo Bitencourt e Ricardo Campos Jr.
Greve na enfermagem comprometeu atendimento nos postos de saúde (Foto: Fernando Antunes)Greve na enfermagem comprometeu atendimento nos postos de saúde (Foto: Fernando Antunes)

Depois dos professores, a Prefeitura Municipal de Campo Grande também divulgou os salários pagos aos enfermeiros, que estão em greve desde sábado (20). Cerca de 60% dos profissionais recebem vencimento na faixa de R$ 5 mil a R$ 10 mil. 81 enfermeiros recebem de R$ 10 mil a R$ 16 mil, conforme a folha de pagamento do mês de maio deste ano.

Os profissionais da enfermagem suspenderam as atividades e comprometeram o atendimento nos postos de saúde da Capital. Vários exames e até a vacinação foram suspensos por causa da greve. A Justiça já determinou o retorno de 80% dos trabalhadores, mas a comissão de greve ainda não foi notificada.

Conforme o portal da transparência, que disponibilizou o salário conforme a Lei do Acesso à Informação, o maior salário pago ao enfermeiro é de R$ 16.023. Dos 419 profissionais, 19,33% recebem acima de R$ 10 mil por mês.

A maioria absoluta está na faixa de R$ 5 mil a R$ 9,9 mil por mês (58,23%). Outros 17,22% ganham de R$ 4 mil a R$ 4.999,00. Só 5,02% recebem abaixo de R$ 4 mil, sendo oito profissionais na faixa de R$ 3 mil, 10 na de R$ 2 mil e menos de 4 abaixo de R$1,9 mil mensais.

Ontem, o município disponibilizou o valor pago aos professores no mês de abril. O magistério está em greve há 30 dias e exige reposição de 13,01%, que elevará o salário da categoria ao piso nacional para jornada de 20 horas semanais.

Nesta quarta-feira, a assessoria do município informou que todos os funcionários terão os salários nominais disponibilizados no portal da transparência.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Acho isso um absurdo. nossa cidade parou... quando vão tomar providencias contra esse prefeito... precisamos de vereadores que honrem nosso voto.
 
Rosinha em 25/06/2015 10:56:26
ABSURDO! Até parece que um enfermeiro ganha esses valores sem ter que desdobrar em múltiplos plantões! Virando noites! Absurdo! O ideal seria que não houvesse a necessidade de se anular enquanto ser humano para ganhar um salário digno, como o dos vereadores, sem contar desse ignóbil ser que ocupa a chefia do executivo na cidade. PENSEM UM POUCO!!
Vocês sabiam que o vereadores continuarão a receber uma verba de R$ 8.400,00 (OITO MIL E QUATROCENTOS REAIS) À TÍTULO DE INDENIZAÇÃO PARA COBRIR GASTOS COMO... alimentação; aquisição de combustível?!
OI?!
SAIBAMOS CONTRA QUEM DEVEMOS NOS UNIR
 
JESSICA MACHADO GONÇALVES em 25/06/2015 09:28:07
JUSTO?

...Segundo o autor da ação popular, a verba indenizatória é constitucional, porém, questiona o fato de o pagamento ter virado rotina. A remuneração de vereador na Capital é de R$ 15.031,76....
Por mês, cada parlamentar pode utilizar até R$ 8.400 para ressarcimento de despesas de locomoção; alimentação; aquisição de combustível; contratação de consultoria, auditoria e apoio técnico; divulgação da atividade parlamentar; aquisição de material de expediente; aquisição de livros e assinaturas de jornais, revistas e serviços de provedores de internet; aperfeiçoamento profissional; e despesas com realização de seminários e outros eventos promovidos na Câmara Municipal.


http://www.campograndenews.com.br/politica/tj-determina-volta-de-pagamento-de-verba-extra-de-rs-8-4-mil-a-vereadores
 
JESSICA MACHADO GONÇALVES em 25/06/2015 09:03:24
Então tá, quer ganhar bem? Primeiro procure estudar, o serviço PÚBLICO oferece boas opões para quem deseja ganhar bem. Em seguida frequente cursinhos e mais cursinhos, faça um bom curso de inglês, estude, estude, estude, estude, faça concursos, reprove, reprove, reprove, estude, estude, estude, estude, passou? Ok agora a coisa complica, você se torna responsável por inúmeras vidas, rala pra caramba para conseguir uma vaga em um serviço de saúde, e de quebra fique várias noites em claro atendendo ocorrências. Depois ainda tem os cursos de especialização e de aprimoramento profissional compre publicações, tente algum mestrado etc, etc, etc... De outra sorte, se entende que ainda assim tah ganhando muito, vote corretamente para de ficar atras de 150 erus para ser cabo eleitoral, efêmero.
 
CLÁUDIO GONÇALVES MOREIRA em 25/06/2015 08:51:30
DEVIA TER UMA LEI, QUE PARA SER FUNCIONARIO PUBLICO NA AREA DE SAUDE E EDUCAÇÃO, GREVE OU ALGO PARECIDO SERIA MOTIVO DE EXONERAÇÃO A BEM DO SERVIÇO PUBLICO.
É UMA VERGONHA UM BAITA SALARIO DESTES QUE JA RECEBEM E FICAREM FAZENDO GREVE. VAI PRA INICIATIVA PRIVADA PRA VER COMO ´BOM.
 
LUCIANO MARQUES em 24/06/2015 21:24:03
Pede para o sr secretario de saúde mostrar os salários dos Tec. de Enfermagem que são eles que fazem a maior parte do serviço. duvido si vão mostrar!!
 
watson sule em 24/06/2015 20:40:46
Que barbaridade! enquanto, nós, trabalhadores comuns, temos que lutar e muito, pra conseguir sobreviver. Esses não se contentam em receber o que recebem, e ainda prejudicam o trabalhador, pagador de pesados impostos, com esses movimentos politiqueiros....que falta de vergonha, na cara!
 
Silva em 24/06/2015 18:17:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions