A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/06/2011 11:59

Condenado a seis anos de prisão homem que matou ao ser cobrado de dívida

Nadyenka Castro

Juiz determinou regime semiaberto

Uma adolescente de 15 anos ficou com uma faca cravada no pescoço após uma briga com outras garotas por volta das 22 horas dessa quinta-feira, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

A briga aconteceu no Bar do Sidnei. Ao sair do local, a vítima foi agredida por mais cinco meninas, sendo apenas duas delas maiores de idade.

Uma das meninas desferiu uma facada no pescoço da garota. O cabo de madeira da faca de cozinha quebrou e a lâmina ficou no pescoço da vítima.

Ela foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa. Todos as envolvidas na briga são moradoras do bairro. A vítima não tem passagens pela Polícia.

Condenado a seis anos de prisão homem que matou ao ser cobrado de dívida

Juiz determinou regime semiaberto

Carlos Jonatan Alves Ramos foi condenado a seis anos e três meses de reclusão por ter matado Osmar de Freitas Lima no dia 10 de julho de 2005, por volta das 15h30min, na rua Principal, Núcleo Industrial, em Campo Grande.

O júri popular foi realizado nesta sexta-feira e o juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, o condenou a terminar de cumprir a pena determinada em regime semiaberto.

Na sentença, o magistrado diz que Carlos Jonatan está preso em regime fechado desde 2008 e por isso pode ter direito à progressão de pena. Ele só poderá ir para o regime semiaberto caso não esteja preso também por outros crimes.

O juiz ressaltou que o autor só foi a júri popular hoje porque estava preso no interior de São Paulo e houve demora por parte do Estado para fazer a escolta até a Capital. O julgamento já havia sido adiado várias vezes por este motivo.

O assassinato - De acordo com a acusação, a vítima, junto com um amigo, foi até a casa de Carlos cobrar-lhe o pagamento de uma dívida.

Irritado, Carlos pegou um revólver e houve briga entre os três. O autor então desferiu um tiro que atingiu o abdômen de Osmar, o qual morreu na hora.

Vai a júri amanhã acusado de matar ao ser cobrado sobre dívida
Crime acontece em 2005Senta no banco dos réus do Tribunal do Júri de Campo Grande a partir das 8 horas desta sexta-feira, Carlos Jonatan Alves Ramos...
Moradores prendem suspeito de assaltar mulher com criança no colo
Armado com uma faca, Igor Mateus Lima da Costa, 19 anos, assaltou uma mulher que estava com o filho no colo e acabou preso por moradores. O caso acon...
Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


Cada vez entendo menos o que é justiça.O cara deve e não paga... sendo necessário que o credor (para não perder) cobrar diretamente, porque se for procurar a Justiça aí sim que a coisa "enrola". Então o que deve fica "irritado", entra na casa e sai armado e, após briga, mata o credor.RESULTADO FINAL: o devedor não pagou a conta, utilizou de arma de fogo (com certeza não regularizada), mata uma pessoa (poderia ter matado mais) e é condenado apenas a 6 anos, sendo boa parte a ser cumprida no semi-aberto.Fiquei com a impressão que "não pagar dívida e matar o cobrador" não é tão grave assim... Se a moda pega.
 
Nivaldo Silva em 03/06/2011 01:18:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions