ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Ponto de ônibus é destruído após ser atingido por coletivo que desviou de carro

No momento do incidente, havia pessoas aguardando outros ônibus no ponto, mas ninguém se feriu

Por Silvia Frias | 26/04/2024 07:00
Ponto de ônibus danificado na Avenida Mato Grosso (Foto: Henrique Kawaminami)
Ponto de ônibus danificado na Avenida Mato Grosso (Foto: Henrique Kawaminami)

Um ponto de ônibus na Avenida Mato Grosso despencou depois de ser arrastado ontem, na Avenida Mato Grosso, no Bairro Vivenda do Bosque. O incidente teria ocorrido depois que o motorista do transporte coletivo teve que desviar de carro e, sem querer, atingiu a estrutura.

Segundo informações de funcionários de estabelecimentos próximos, o condutor do ônibus conseguiu desviar do carro, mas, na manobra, acabou “enroscando” a parte traseira do veículo no ponto de ônibus, que foi sendo puxado. A estrutura não saiu do lugar, mas foi sendo puxada. Pelo chão, é possível ver os estilhaços da janela do veículo.

No momento do incidente, ocorrido por volta das 18h, passageiros estavam no ponto, mas ninguém se feriu. Não há informações se os estilhaços atingiram alguém que estivesse dentro do coletivo.

O ponto de Avenida Mato Grosso é local de parada dos ônibus 206 (Centro/Estrela Dalva) e 521 (Centro/Parque dos Poderes).

Ao Campo Grande News, o Consórcio Guaicurus informou que ficou sabendo do que aconteceu e está dando as "trativas necessárias". Além disso, afirmou que o veículo foi recolhido para reparos e outro reserva foi realocado para atender a demanda do percurso. "Lamentamos o transtorno", finaliza a nota.

Ponto e ônibus após acidente na manhã desta sexta-feira (Foto: Direto das Ruas)
Ponto e ônibus após acidente na manhã desta sexta-feira (Foto: Direto das Ruas)

eceba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

* Matéria editada para acréscimo de resposta.

Nos siga no Google Notícias