A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/06/2016 12:02

Conselho de Medicina e MPE discutem falta de vagas em UTI na Capital

Fernanda Mathias

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul) tem se reunido com representantes do MPE (Ministério Público Estadual) para tratar da falta de vagas em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Capital.

O coordenador de Fiscalização do CRM, Alberto Cubel Junior, ressalta que há um mês houve reunião no Conselho para discutir o assunto. “A reunião contou com a presença de gestores, diretores técnicos de hospitais e diretores clínicos”.

O MPE recentemente instaurou inquérito para apurar a falta de leitos na área de infectologia, em Campo Grande. A procura por leitos em UTI e CTI se intensificou nos últimos dois meses, com a maior ocorrência de doenças respiratórias. Ontem 68 pacientes em estado crítico aguardavam vagas na Capital, segundo dados da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Uma situação que reflete no atendimento da Defensoria Pública, onde diariamente seis pessoas, em média, vem procurando o caminho jurídico para assegurar internação de parentes que estão em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions