ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Consórcio inicia o pagamento do “vale” atrasado dos trabalhadores do transporte

Colaboradores ameaçam entrar em greve caso todos não recebam até as 16h

Por Jhefferson Gamarra | 23/02/2021 14:08
"Vale" dos trabalhadores estavam em atraso desde o último sábado (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
"Vale" dos trabalhadores estavam em atraso desde o último sábado (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Após ameaça de greve por parte dos trabalhadores do transporte coletivo de Campo Grande, o Consórcio Guaicurus iniciou na tarde de hoje (23), o pagamento do vale que estava em atraso desde o dia 20.

O presidente do STTCU, (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande), William Pereira, informou que o vale está caindo gradativamente na conta de alguns colaboradores, porém a paralisação ainda não está descartada. “Alguns já estão recebendo os valores que estavam atrasado, mas vamos aguardar até as 16h, só vamos descartar a paralisação caso todos os vales pendentes sejam quitados”, afirmou.

De acordo com o presidente da empresa, João Rezende todos os funcionários receberão ainda hoje o valor referente ao vale em atraso. “Sei que os pagamentos estão sendo feitos, todos que estão em atraso serão pagos ainda hoje, isso é certeza”, disse.

O pagamento do adiantamento salarial, equivale a 40% do salário dos funcionários.

Desde fevereiro, pouco antes do início da pandemia da covid-19 o faturamento do Consórcio Guaicurus está em queda na Capital, mas a crise sanitária serviu para piorar a situação. Atualmente, apenas 47% da clientela está usando o transporte coletivo na cidade.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário