A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/01/2012 21:25

Contador tem carro roubado, é sequestrado e amarrado em matagal

Elverson Cardozo

Crime aconteceu na região do Parque dos Poderes; Autores, que já cumprem pena por furto e tráfico de drogas, foram detidos

Eu pedi para eles não me matarem, disse a vítima. (Foto: Pedro Peralta)"Eu pedi para eles não me matarem", disse a vítima. (Foto: Pedro Peralta)

Um contador de 40 anos viveu momentos de terror no final da tarde desta segunda-feira (16). Ele foi sequestrado e amarrado - com a própria camisa e cinto - em um matagal na região do Parque dos Poderes, em Campo Grande. Os autores, que já cumprem pena por roubo e tráfico de drogas, levaram o carro da vítima, dirigiram na contramão, se envolveram em acidente e tentaram se esconder em uma casa.

Mauro Sérgio Moraes conduzia seu veículo – um Siena prata - pela rua Hiroshima, no bairro Carandá, quando foi abordado por Josinei Fernandes Barbosa, de 23 anos e Ary Anunciação Filho, de 32 anos, que pediram informação.

No momento em que o contador parou o carro, um dos autores, armado com um revólver, anunciou o assalto. Mauro Sérgio dirigiu o próprio veículo, com os criminosos dentro do carro, até o Parque dos Poderes, onde foi deixado em um matagal da região.

“Eles me ameaçavam o tempo todo, dizendo que iriam me matar se eu saísse”, contou a vítima.

Autores durante apresentação na Derf. (Foto: Pedro Peralta)Autores durante apresentação na Derf. (Foto: Pedro Peralta)

Com o carro do contador, a dupla fugiu. Policiais da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) foram acionados pelo rádio – pela própria vítima, que a essa altura já havia se soltado – e avistaram os criminosos ainda na região do Parque, em frente à Secretaria de Administração.

Josinei Fernandes, que dirigia, desobedeceu ordem de parada. Houve perseguição e os policiais dispararam dois tiros de advertência. A dupla seguiu pela Avenida Gury Marques, onde entrou na contramão da via.

O motorista perdeu o controle e bateu o carro em um poste. Mesmo ferido, continuou fugindo a pé com o comparsa. Eles entraram em uma residência, onde foram abordados pelos policiais.

A arma que utilizaram no assalto – um revólver calibre 38 da marca Rossi – foi escondida dentro do microondas da casa. Também foram aprendidos 5 munições intactas e um aparelho celular.

O carro utilizado na fuga ficou bastante danificado. O veículo já passou por perícia. “Vou pedir a Deus que o seguro pague”, disse o proprietário, visivelmente transtornado.

Segundo a polícia, os criminosos cumprem pena na Casa do Albergado, em Campo Grande. Ary Anunciação responde por receptação e tráfico de Drogas e Josinei Fernandes é acusado de roubo. Eles serão indiciados por roubo qualificado pelo emprego de arma e concurso de pessoas. A dupla permanece na Derf.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Uai, cadê a OAB para defender o cidadão? Os direitos dele foram desrespeitados! Vamos lá Amarraram o cidadão, tomaram o carro dele, destruíram o bem patrimonial dele... E, agora? Acho que esses bandidos devem ficar numa sala, com ar condicionado, chá com adoçante e muita BOLACHA! Vá lá oab.
 
Suzane E. A. Lacerda em 17/01/2012 12:35:28

Só faltava agora a OAB vir defender esses marginais, reclamando que o mesmos aguardaram várias horas dentro do camburão, causando-lhes transtornos psicológicos!!! E a vítima? Quem irá defendê-la? Será que esse Senhor que foi vítima desses terroristas não passou por sérios transtornos psicológicos durante a ação dos meliantes??? Com a palavra o Dr. Leonardo Duarte, presidente da OAB!!!
 
EDWAR DE OLIVEIRA em 17/01/2012 09:16:06
Até quando teremos que aturar isso? Bandido bom é bandido morto.
 
Carlos Roberto de Souza em 17/01/2012 08:24:43
Pegando uma carona nos comentários... Peçam para a OAB cobrir os prejuízos da vítima, emocionais e materiais!!!!!
 
Simone Morais Rodero em 17/01/2012 07:00:48
pergunta pra esse cidadão que sofreu essa violência o que ele acha da posição da OAB com relação a atitude deles e de alguns delegados, todos uns almofadinhas, que defendem marginais, ao invés de estar prestando um melhor serviço a sociedade em defesa do cidadão de bem. mas ao invés disso estão preocupados porque a polícia militar segurou o marginal por algumas horas a mais no camburão.
 
rubens reis em 16/01/2012 11:59:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions