A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

22/08/2011 09:23

Corpo de indígena que pode ter sido vítima do frio ainda está sem identificação

Marta Ferreira
Índio dormia ao relento e foi encontrado morto ontem de manhã em calçada. (Foto: Simão Nogueira)Índio dormia ao relento e foi encontrado morto ontem de manhã em calçada. (Foto: Simão Nogueira)

Ainda não foi identificado o corpo do indígena encontrado morto, ontem pela manhã, em uma calçada na rua 26 de agosto, próximo à Praça do Índio. O homem, que aparentava em torno de 60 anos e foi identificado por outras pessoas no local apenas como João Batista, pode ter sido vítima do frio.

O médico responsável pelo laudo necroscópico no IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal), Gustavo Cruz, informou ao Campo Grande News que a morte pode ter sido provocada pelo frio da madrugada de ontem. Segundo ele, o laudo necroscópico tem prazo de 10 dias para ser concluído e vai indicar qual foi a causa a partir do exame feito ontem. Esse período pode ser prorrogado.

Como não apareceu nenhum parente no Instituto, a identificação vai ser feita por meio das digitais, que já foram colhidas. Isso deve demorar em torno de 10 dias.

O corpo foi encontrado por volta das 6h. Estava na calçada, sem qualquer proteção contra o frio. Na madrugada de ontem, os termômetros marcaram 8 graus em Campo Grande e, por causa do vento, a sensação térmica era de 1 grau.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions