A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/06/2013 16:12

Crianças abraçam Parque Sóter e entregam propostas para revitalização

Aliny Mary Dias
Crianças deram abraço simbólico no parque (Foto: João Garrigó)Crianças deram abraço simbólico no parque (Foto: João Garrigó)

“Sóter... em busca da água perdida”. Com esse tema três grupos escoteiros de Campo Grande se envolveram em um projeto que busca a revitalização do Parque Sóter, localizado na Vila Margarida. Para fechar o projeto com chave de ouro, cerca de 150 escoteiros deram um abraço simbólico no parque durante a tarde deste sábado (29).

O chefe escoteiro e idealizador do projeto, Sidnei Garcia Freitas, explica que a ideia de organizar ações voltadas para o parque de 26 hectares surgiu do programa nacional desenvolvido pela União dos Escoteiros do Brasil que orienta os grupos a reproduzirem nas cidades.

“Quando descobri que o tema desse ano era a água, logo pensei no Sóter. Aqui é um espaço que merece a atenção e um bom lugar para as crianças aprenderem sobre educação ambiental”, afirma o chefe.

O projeto foi dividido em cinco etapas, primeiro foi feita uma reunião com os pais das crianças para explicar sobre as ações que seriam desenvolvidas, depois houve visitas técnicas em todo o parque. As visitas foram orientadas pelo biólogo José Milton Longo.

Após as orientações sobre as necessidades e problemas enfrentados pelo parque, as crianças e os chefes escoteiros produziam um relatório com sugestões que foram entregues ao poder público. Também houve panfletagem durante os 30 dias de projeto e a etapa final ocorreu neste sábado.

Idealizador do projeto, Freitas acredita que educação ambiental é fundamental para crianças (Foto: João Garrigó)Idealizador do projeto, Freitas acredita que educação ambiental é fundamental para crianças (Foto: João Garrigó)

As crianças deram um abraço simbólico no Parque e mostraram que a preocupação com o futuro do espaço que leva o nome do ambientalista Francisco Anselmo, morto após atear fogo no próprio corpo para chamar atenção sobre as causas ambientais, deve ser constante.

“Eu acho algo emocionante educar essas crianças sobre os problemas que existem nesse espaço. É algo importante porque elas levam para o resto da vida”, conta o biólogo Milton Longo.

Além do abraço, mil mudas de plantas frutíferas foram entregues para moradores da região e pessoas que passavam pelo parque. O objetivo inicial era plantar as árvores no próprio espaço, mas após estudos e uma análise técnica, a ideia não pôde ser colocada em prática.

“Nós vimos que a população de capivara que existe aqui iria matar essas plantas. Outro ponto é o solo que possui restos de lixo da década de 70 e não é apropriado”, explica Longo.

Para Rodrigo Feitosa de 9 anos e integrante do movimento escoteiro, a experiência foi importante porque ele pôde aprender na prática os ensinamentos da educação ambiental. "Eu acho esse parque muito lindo e a preservação dele é muito importante para todos nós", contou.

Um relatório com as propostas para a melhoria do parque foi entregue para o vereador Chiquinho Telles (PSD), membro da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal e o documento também será repassado ao prefeito Alcides Bernal.

Filho do ambientalista que leva o nome do parque, Alisson Sampaio, de 22 anos, se diz emocionado com a ação das crianças que tem o objetivo de cuidar da área também apreciada pelo pai. “Meu pai gostava muito desse parque, depois que ele morreu as coisas foram esquecidas, agora vemos as crianças preocupadas e isso é emocionante”, afirma o jovem.

Crianças se reuniram para gritos escoteiros antes de abraçar o parque (Foto: João Garrigó)Crianças se reuniram para gritos escoteiros antes de abraçar o parque (Foto: João Garrigó)

Problemas – Segundo o biólogo, o Parque Sóter passou por grandes transformações desde as décadas passadas, mas os problemas com assoreamento ainda castigam o espaço. O ponto mais crítico é a nascente do córrego que já está assoreada.

Longo acredita que a estabilização do solo é o primeiro passo para que a área possa ser recuperada. “Precisa fazer um trabalho importante no início do córrego e depois seguir nas encostas. A partir disso, novas árvores podem ser plantadas o que ajudaria a alimentar a população de capivaras”.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Parabéns aos chefes Leize e Freitas. Há muito tempo Campo Grande esperava chefes escoteiros dessa categoria. Que nos espelhemos em seu exemplo. Coerência, dinamismo e principalmente espirito escoteiro.
SEMPRE ALERTA PARA SERVIR O MELHOR POSSÍVEL
Ana Ivanilde - Pe Heitor Castoldi
 
Ana Brites em 10/07/2013 19:13:59
Parabéns Aliny Mary, belíssima matéria! Infelizmente não apareceu ninguém no evento representando o Prefeito, nem mesmo um representante da Funesp para receber o projeto, mas isso não tirou o brilho desse abraço carinhoso! Na região existem pelo menos oito escolas, sentimos falta dos estudantes, mas os nossos Escoteiros fizeram bonito! Parabéns a todos os Escoteiros que participaram desse abraço histórico, em especial o Grupo Escoteiro Mário Dilson, que atende 70 crianças e jovens de 07 a 17 anos no Jardim Noroeste. Parabéns Campo Grande News!
 
Sidnei Garcia em 30/06/2013 15:31:50
Sim Aline, o problema dos coelhos foi identificado nesse projeto. Está documentado no relatório que foi entregue à Comissão Permanente de Meio Ambiente da Câmara e será encaminhado ao Prefeito.
 
Leize Demétrio da Silva em 30/06/2013 12:38:49
parabéns pelo feito, a administração do parque é da prefeitura né!? se for podem esquecer que a prefeitura não fará nada! trabalho mesmo só por conta dessa galera!
 
samuel vosni em 30/06/2013 11:16:52
Parabéns aos amigos que estiveram no Parque do Sóter para finalizar o Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica do Grupo Escoteiro Mário Dilson. Especialmente aos Grupos Pe Heitor Castoldi, Atalaia do Pantanal, Alcídio Pimentel e Cidade Morena cuja sede se encontra dentro do Parque. Somos gratos ao Vereador Chiquinho Teles, Membro da Comissão de Meio Ambiente da Câmara que esteve conosco neste evento, à Aguas de Guariroba, à P.B. Lopes pelas mudas, ao Dr Milton Longo, que mto nos auxiliou durante o projeto e caminhou conosco abraçando o parque, ao Campo Grande News pela divulgação, bem como ao Tatá Marques e à Radio Blink, à todos que lutam pela causa ambiental e não puderam ir em virtude da Feira Ambiental, agradecemos a torcida. Gratos, gratos, gratíssimos!
 
Leize Demétrio da Silva em 30/06/2013 01:03:44
E os coelhos que tem no sóter??? A população deles esta crescendo fora de controle.
 
Aline Mendonça dos Santos em 30/06/2013 00:07:46
Muito bonito esse projeto das crianças, isso vai chamar a atenção das autoridades competentes, esse parque está mesmo abandonado já faz um tempo. O córrego está assoreado, antigamente tinham alguns patos nadando no córrego que era a alegria de muitas crianças.
Tomara que essa iniciativa chame a atenção das autoridades para a revitalização deste local, "o meio ambiente agradece".
 
Gleide Barbosa de Assis em 29/06/2013 22:24:23
lindo esse trabalho junto com as crianças...pois só assim teremos adultos conscientes ...parabéns a todos pela iniciativa....
 
dayannefelicio em 29/06/2013 18:06:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions