A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/12/2010 19:55

Deaij vai concluir amanhã inquérito sobre mortes no Jardim Anache

João Humberto e Danúbia Burema
Exames papiloscópicos deverão ser feitos até em pedras usadas em homicídio para descobrir autoria. Foto: João Garrigó.Exames papiloscópicos deverão ser feitos até em pedras usadas em homicídio para descobrir autoria. Foto: João Garrigó.

Maria de Lourdes Cano, delegada da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), espera concluir amanhã as investigações sobre as duas mortes ocorridas no fim de semana, no Jardim Anache, em Campo Grande.

Ela adianta que duas pessoas serão indiciadas pelos homicídios. No entanto, pelo menos seis ou sete pessoas deverão responder por participação nos crimes.

Na madrugada de domingo, um adolescente de 15 anos matou Lucas Jonathan Pereira Lopes, de 16 anos. Quando soube que o adolescente iria cometer o crime, Daniel Delmondes, pai do autor, foi até o local, mas o assassinato já estava consumado.

Instantes depois, Daniel foi morto a pedradas, agressões diversas além de mais de 15 facadas na rua dos Amigos. Um menor de idade está apreendido e também confessou ser autor das facadas.

Conforme depoimentos de familiares da vítima menor de idade, Daniel foi morto por diversos moradores da região no lugar do filho, que foi quem matou Lucas. “Ele estava no lugar errado e na hora errada”, disse o tio de Lucas hoje pela manhã na Deaij.

Primo Lucas, Nilson Roma, 19 anos, se apresentou hoje pela manhã na 5ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Piratininga, confessando o assassinato de Daniel. Ele foi encaminhado à Deaij.

Já o adolescente que matou Lucas foi apreendido ontem e confessou o crime. À polícia ele disse que atirou contra a vítima, porque Lucas havia dado um chute na barriga dele.

O garoto apreendido já foi encaminhado à Unei (Unidade Educacional de Internação) Novo Caminho, no Jardim Los Angeles. As investigações continuam para esclarecer quem matou o pai dele.

De acordo com a delegada Maria de Lourdes, hoje foram ouvidas 12 pessoas, mas ela frisa que já identificou todos os que participaram da agressão a Daniel. Ela conta que a polícia suspeita que a intenção dos autores do homicídio de Daniel foi generalizar o crime, colocando a culpa em mais de uma pessoa.

No entanto, Maria de Lourdes explica que, desde que recebeu o inquérito descobriu o envolvimento de seis a sete adolescentes no homicídio do pai do adolescente que matou Lucas. Todos serão indiciados por ela nesta quarta-feira.

Segundo a delegada, os menores poderão responder por crimes que vão desde lesão corporal grave até homicídio. Já Nilson será encaminhado à 2ª Delegacia de Polícia Civil, enquanto o pai do adolescente Lucas, que também teria participado do crime, está sendo procurado.

A conduta de todos os adolescentes envolvidos no assassinato de Daniel será analisada, mas a delegada Maria de Lourdes assegura que eles não devem ir para a Unei e que poderão responder ao crime em liberdade.

Por enquanto, apenas Nilson Roma continuará preso. O menor de 15 anos, que confessou ter matado Lucas, também permanecerá na Unei por mais um tempo.

A Deaij vai usar laudos periciais para concluir as investigações, por meio de exames papiloscópicos no sentido de colher digitais das pedras e de outros objetos encontrados no local do crime. O material auxiliará as investigações.

Os adolescentes ouvidos hoje são amigos de Lucas e disseram que não viram nada no dia crime. Eles jogaram toda a culpa do assassinato de Daniel contra o adolescente de 17 anos que está apreendido na Unei, mas que deverá responder em liberdade.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Estou muito triste com o acontecimento!!
Era amiga do Lucas e conheço o Jhonatam.
Espero que Deus esteje abençoando a familía de cada um desses participantes; agora perdi um amigo e os outros estão presos!!!
 
Débora Thaís Costa Carmo em 15/12/2010 04:25:00
Um crime barbaro como este, e os criminosos vão responder em liberdade? Para que fiquem livres para continuarem a matar e a tirar a paz da comunidade? Esses monstros tinham que ficar isolados, detidos. São projetos de marginais que só irão piorar a violência em nossa cidade. É um absurdo responderem em liberdade, não importa se são menores, já sabem o que estão fazendo, essa lei tem que mudar.Acredito que uma pessoa com tamanha crueldade não irá se regenerar nunca. Cadeia neles!!!
 
Vaniely em 08/12/2010 08:31:14
Famílias estão se destruindo. Isso é falta de Deus no coração, como se vê tudo o que ocorre nos nossos dias é bíblico, tem uma passagem na bíblia que diz assim: filhos ficarão contra o pai e pai contra o filho.
Que DEUS, venha confortar essas famílias, porque ambas perderam seus entes queridos, só ele é maior para perdoar-los.
 
Bibiana Vandes Borges em 07/12/2010 08:41:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions