ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Deficientes visuais pedem respeito e mais acessibilidade

Na Orla Morena, há o rebaixamento acessível de um lado, mas escada do outro

Lucia Morel | 13/05/2023 09:18

Indignados com motoristas chamados de “irresponsáveis” que param em frente a faixas rebaixadas e pisos táteis necessárias para orientação de deficientes visuais, os atendidos pelo Ismac (Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos) pediram respeito em vídeo encaminhado ao Campo Grande News. Em outra reclamação, usuários da Orla Morena, onde no cruzamento com a Rua Marechal Rondon há o rebaixamento de um lado, mas escada do outro.

No primeiro vídeo, o professor do instituto Thiago Moura faz apelo para que motoristas não estacionem em frente às vias rebaixadas ou pisos táteis. Ele relata que se deparou com situação ao ir para o trabalho e ficou indignado. “Só aqui nessa sala temos 13 pessoas cegas ou baixa visão que saem nas ruas e já tropeçaram e caíram na rua por causa dessas atitudes de motoristas irresponsáveis que param onde não é adequado”, afirma. “Respeitem a acessibilidade! Respeito!”, pedem.

Flagra de desrespeito feito pelo professor Thiago Moura. (Foto: Direto das Ruas)
Flagra de desrespeito feito pelo professor Thiago Moura. (Foto: Direto das Ruas)

Já na Orla Morena, uma leitora do Campo Grande News, Giovana Andrade, enviou vídeo mostrando a situação no local, sendo que de um lado da via, na altura do cruzamento com a Rua Marechal Rondon, há o acesso para cadeirantes. Mas do outro, escada. Ela relata ter visto a dificuldade de uma pessoa que estava em cadeira de rodas ao tentar passar por lá e ao atravessar, não ter acessibilidade.

“Já vi uma pessoa com cadeira de rodas tentando passar, mas tem uma escada. Nada acessível e muito perigoso. Um rapaz teve que ajudar, junto com outra pessoa, o cadeirante a passar. Não faz sentido ser acessível de um lado e de outro não”, reclama.

A reportagem enviou e-mail à Prefeitura de Campo Grande e aguarda retorno.

Direto das Ruas - O vídeo chegou pelo Direto das Ruas, o canal de interação dos leitores com o Campo Grande News. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias