A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/12/2012 15:30

Demolição de prédio é suspensa em razão da ventania

Nícholas Vasconcelos e Helton Verão
Trabalho de demolição de loja foi interrompido pelo vento e chuva. (Foto: Luciano Muta)Trabalho de demolição de loja foi interrompido pelo vento e chuva. (Foto: Luciano Muta)
Guindaste estava posicionado para demolição, que foi suspensa.Guindaste estava posicionado para demolição, que foi suspensa.

A chuva e o vento impediram o trabalho de demolição da parede da loja Paulistão, em Campo Grande. O trabalho precisou ser cancelado por volta das 14h45 porque o vento ameaçava desestabilizar a estrutura.

Um dos trabalhadores, que não quis se identificar, disse que a previsão era de que o trabalho de demolição fosse concluído hoje, mas só vai ser retornado quando a chuva terminar.

Para derrubar o prédio foi preciso fazer uma abertura com o uso de marretas até o meio da parede e em seguida seria feito uso do guindaste.

João Souza de Deus, 26 anos, é vizinho do prédio e conta que durante o inicio da demolição parte da parede caiu sobre o quarto dele, destruindo o guarda-roupas. Segundo ele, o prejuízo é de cerca de R$1,5 mil.
Nesta quinta-feira (13) peritos estiveram na loja de utilidades pela quinta vez desde o incêndio, na semana passada.

A Polícia Civil constatou que o fogo não começou no ar condicionado, como foi a primeira impressão durante o incêndio. As chamas começaram na fiação elétrica da frente da loja,a princípio causado pela sobrecarga na fiação elétrica, mas ainda não está descartada a possibilidade do incêndio ter sido criminoso.

A demolição já está liberada desde o dia 7, no dia seguinte ao incêndio.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions