A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/11/2012 08:15

Dermatologistas fazem neste sábado campanha sobre câncer de pele

Atendimento será feito até às 16 horas no Hospital Universitário. É a 13ª edição

Nadyenka Castro

A SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) realiza neste sábado, em Campo Grande, a 13ª edição da campanha do câncer de pele. Dermatologistas vão fazer atendimentos, encaminhamentos e dar orientações sobre a doença.

O atendimento é gratuito e será no ambulatório de dermatologia do Hospital Universitário, entre 9 e 16 horas. A ação é em parceria com a Sesau (Secretária Municipal de Saúde).

Na campanha de 2011, foram atendidas 412 pessoas, sendo 246 mulheres (59,71%) e 166 homens (40,29%). Desse total, 53 pessoas foram diagnosticadas com câncer de pele. Em Campo Grande, a doença provocou 17 mortes em 2007; nove em 2008, também nove óbitos em 2009; 11 em 2010; 16 em 2011 e, até outubro deste ano, 10 mortes.

O câncer de pele causa um crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. A radiação ultravioleta dos raios solares (e de bronzeamento artificial) é a principal causa da doença. A exposição excessiva e prolongada ao sol aumenta o risco de desenvolvimento desse tipo de câncer, além de provocar o envelhecimento precoce da pele.

Os sintomas são lesões na pele que não cicatrizam e crescem lentamente, podendo sangrar ou formar uma pequena ferida, pintas pretas ou acastanhadas irregulares nas bordas ou com o tamanho aumentado.

A prevenção é proteger-se dos raios solares com o uso de bonés, roupas e protetores solares adequados. A proteção deve ser dobrada entre 10h e 15h, horário em eu incide a radiação UVB, de grande potencial carcinogênico.

Os dermatologistas orientam que para, a síntese de vitamina D no organismo, bastam dez minutos de sol duas vezes por semana, mas sempre usando protetor solar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions