ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Descalça e de pijama, mãe chega em acidente que matou a filha: "não acredito"

Acidente entre 3 veículos de carga e um carro matou cinco pessoas na BR-163, próximo ao distrito de Anhanduí

Por Dayene Paz e Antonio Bispo | 10/04/2024 12:28
Mãe (de blusa azul) é amparada por equipes de socorro e da polícia. (Foto: Marcos Maluf)
Mãe (de blusa azul) é amparada por equipes de socorro e da polícia. (Foto: Marcos Maluf)

"Minha filha, minha filha. Não acredito!". A frase vem em meio a lágrimas de uma mãe ao chegar em local de acidente, na manhã desta quarta-feira (10). De pijama e descalça, ela correu em meio aos destroços para tentar encontrar filha, que ocupava um dos veículos envolvidos na colisão. Ninguém sobreviveu ao acidente entre três veículos de carga e um carro de passeio, na BR-163, próximo ao distrito de Anhanduí.

Bastante abalados, os familiares das vítimas chegam aos poucos e acompanham os trabalhos da polícia e equipes de socorro no local. A mãe, que chegou em desespero, está sendo amparada pelos socorristas da CCR MSVia e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Mãe em local de acidente e socorristas com ela. (Foto: Marcos Maluf)
Mãe em local de acidente e socorristas com ela. (Foto: Marcos Maluf)

Com ajuda de um guincho, partes dos veículos estão sendo retirados da pista, trabalho que deve durar a tarde toda por conta da quantidade de destroços.

Houve congestionamento de 11 quilômetros, mas às 12h30, a PRF liberou o trânsito em pare e siga. A previsão é de que o trânsito seja liberado totalmente por volta das 18h.

Entenda - De acordo com o delegado Willian Rodrigues de Oliveira Júnior, apesar de a dinâmica do acidente ainda estar sendo apurada, há indícios de que o condutor da carreta que transportava porcos tenha feito uma ultrapassagem indevida e acabou batendo nos outros veículos que seguiam no sentido contrário. São eles: um caminhão com milho, um caminhão com alimentos e um Chevrolet Onix.

Com o impacto, o carro de passeio foi esmagado pelas carretas com as cargas de porcos e milho. A perícia precisou usar um drone para ter acesso às vítimas do Onix. “Por enquanto não dá para identificar todas as vítimas porque ainda não conseguiram tirar os corpos dos veículos, mas trabalhamos com a hipótese de seis mortos, cinco já confirmados”, esclareceu o delegado.

A carga de milho ficou espalhada pela pista. Já alguns porcos morreram e outros ficaram agonizando na rodovia. A perícia coletou informações do tacógrafo do caminhão de alimentos e foi constatado que o condutor estava dentro do limite de velocidade da via.

Policiais fazendo levantamentos em local da colisão. (Foto: Marcos Maluf)
Policiais fazendo levantamentos em local da colisão. (Foto: Marcos Maluf)

Até o momento, as vítimas foram identificadas como Ezequiel Norte, motorista da carreta com milho, e Daniel e Fernanda Lopes, ocupantes do Onix.

O casal morava em Campo Grande e estava indo passar férias na praia. De acordo com o cunhado de Fernanda, o motorista Elvis Ajala, 42 anos, ele e a esposa estavam esperando as vítimas em um posto de gasolina, localizado mais à frente do local do acidente. Os quatro seguiriam viagem até Santa Catarina.

O passeio estava sendo planejado há 30 dias e essa era a primeira vez que Elvis conheceria o mar. “Nós moramos em Sidrolândia, ia ser minha primeira vez na praia. Estava todo mundo ansioso e feliz pela viagem, como moramos em cidades diferentes combinamos de nos encontrar em um posto próximo a Anhanduí, mas eles nunca chegavam e foi quando retornamos para saber o que havia acontecia”, lamentou o rapaz.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias