A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

02/05/2016 23:16

Descontentes com reajuste proposto, trabalhadores farão manifestação

Nyelder Rodrigues

Cerca de 300 trabalhadores da construção farão uma manifestação entre às 7h e 9h no Centro de Campo Grande, nesta terça-feira (3). Eles rejeitam os índices de reajuste salarial propostos pelo Sinduscon-MS (Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul)

Conforme o Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Campo Grande), a manifestação será a paralisação dos trabalhos, em duas torres na rua Dom Aquino, em frente à praça Belmar Fidalgo.

A última proposta feita pelo Sinduscon aos trabalhadores foi de reajuste de 9,5% para os que recebem o piso salarial, e de 6,5% aos que recebem acima do piso. Os valores são considerados como arrocho salarial pelo sindicato dos trabalhadores.

"Esta proposta não repõe nem mesmo a inflação dos últimos 12 meses, que foi de 11,07% medida pelo INPC [Índice Nacional de Preços ao Consumidor]", explica José Abelha, presidente do Sintracom, que reivindica 16,5% de reajuste. O sindicato também afirma que o piso da categoria em Campo Grande é um dos mais baixos do país.

Segundo o Sintracom, na quinta-feira (28 de abril), cerca de 500 trabalhadores de torres construídas em frente ao Shopping Campo Grande paralisaram as atividades durante duas horas, também em protesto ao índice oferecido pelo Sinduscon.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions