A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/02/2016 19:41

Desviar de buracos da Bandeirantes em ruas paralelas pode ser má ideia

Ricardo Campos Jr.
Buraco na Rua Jataí perto do Comper (Foto: Marcos Ermínio)Buraco na Rua Jataí perto do Comper (Foto: Marcos Ermínio)
Trecho esburacado na Alírio de Matos (Foto: Marcos Ermínio)Trecho esburacado na Alírio de Matos (Foto: Marcos Ermínio)

Pode não ser uma boa ideia usar ruas paralelas para fugir dos buracos da Avenida Bandeirantes, considerada pelos condutores como uma das mais críticas em termos de pavimentação atualmente em Campo Grande. A situação das vias alternativas é semelhante e revolta a população, que reclama de esquecimento por parte do poder público.

A Rua Engenheiro Roberto Mange, por exemplo, liga a Avenida Salgado Filho à Manoel da Costa Lima, recebendo outros dois nomes nesse trecho: Jataí e Engenheiro Alírio de Matos. Para o comerciante Marcelo Coura, 44 anos, ela está esburacada “de ponta a ponta”, com trechos beirando o intransitável.

”Ela está nessa situação há um ano. As ruas ficaram esquecidas. Tem perigo de acidente, quebra de suspensão de carros e pneu”, afirma. São poucos os cruzamentos em que a via não é preferencial, o que facilitaria bastante para quem precisa usar a Bandeirantes todos os dias e quer escapar do grande fluxo de veículos.

“Se você pegar essa rua de ponta a ponta, você vê o tamanho das ‘panelas’ que tem. Em alguns lugares tem que parar o carro, tem que ter muito cuidado, não pode andar na velocidade da via, que é 40 quilômetros por hora”, aponta o morador.

O técnico contábil Augusto César Coura, 50 anos, conta que em alguns pontos não há como desviar e o jeito é reduzir ao máximo a velocidade e passar por dentro das crateras. “Tomou conta da via toda”, afirma.

Ele diz que em outras avenidas e ruas de Campo Grande a situação é semelhante e reclama por não ver retorno nos impostos que paga e que poderiam ser revertidos para melhorias. “A cidade toda está esquecida, não é só aqui não”.

Buraco na Rua Nova Bandeirantes: moradores dizem que região está esquecida (Foto: Marcos Ermínio)Buraco na Rua Nova Bandeirantes: moradores dizem que região está esquecida (Foto: Marcos Ermínio)

O Campo Grande News percorreu outras ruas na região da Vila Jacy e constatou que a situação realmente é crítica. Na Rua Nova Bandeirantes, por exemplo, duas crateras uma ao lado da outra exigem perspicácia dos motoristas, principalmente quando têm veículos estacionados em um dos lados da via. Além disso, o asfalto no local aparenta ser antigo e com um remendo em cima do outro, dificultando ainda mais a travessia.

“Está um perigo. A noite é pior, pois a escuridão tira a visão da pessoa e a luz perto do buraco está apagada. Isso faz mais ou menos um mês. É um pouco de falta de responsabilidade do poder público. Esses dias eu fui pagar IPTU e a central estava lotada, mas não vemos esse dinheiro em melhorias”, diz o aposentado Mário Batista Leite, 83 anos.

A prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, informou que as ruas Engenheiro Roberto Mange, Engenheiro Alírio de Matos e Rua Jataí estão no cronograma da operação tapa-buraco e devem ser consertadas na semana que vem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions