A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

13/07/2018 10:45

Detentos do protesto na caixa d'água de presídio cumprem pena por estupro

Trio pede transferência para interior do estado e reivindica melhorias na saúde, alimentação e nas visitas familiares

Liniker Ribeiro e Bruna Kaspary
Detentos em cima da caixa d'água do Instituto Penal da Capital (Foto: Marina Pacheco)Detentos em cima da caixa d'água do Instituto Penal da Capital (Foto: Marina Pacheco)

Os três detentos que participam de um protesto em cima da caixa d'água do IPCG (Instituto Penal de Campo Grande), cumprem pena por estupro. A informação é da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). Equipes estão em negociação com o trio, mas ainda não há previsão para que a manifestação chegue ao fim.

O trio segue gritando de cima do reservatório e exigindo a presença da imprensa e de equipes de Direitos Humanos no local. O grupo pede transferência para uma unidade no interior do estado, alegando condições precárias no Instituto da Capital.

Segundo eles, as tradicionais visitas dos familiares não estariam acontecendo, assim como a alimentação estaria em falta há 10 dias. O trio também cobra a presença de um médico no local. De acordo com a Agepen, as alimentações estão sendo realizadas três vezes ao dia, assim como exames e acompanhamento médico seguem normalmente. Já as visitas, são programas para o fim de semana.

Início - O trio subiu na caixa d'água da unidade penal pouco antes das 8h. De acordo com moradores da região, os detentos gritavam pedindo socorro, como maneira de chamar atenção da diretoria do local.

Equipes da administração e do Cope (Comando de operações penitenciárias da Agepen) estão no local prestando apoio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions