ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Dono de bar incendiado ficou só com a roupa do corpo, mas não perdeu a esperança

Estabelecimento e três cômodos onde morava foram tomados pelo fogo no fim da tarde de sexta-feira

Por Gabriel Neris e Kerolyn Araújo | 15/08/2020 08:50
Estabelecimento ficou completamente destruído (Foto: Henrique Kawaminami)
Estabelecimento ficou completamente destruído (Foto: Henrique Kawaminami)

Juvenal de Souza perdeu o bar e os três cômodos que formavam sua casa no Aero Rancho, mas não perdeu a esperança. “A gente senta, chora, mas não se entrega. Vou reconstruir”.

O recomeço será aos 61 anos de idade na rua Jornalista Valdir Lago, na região sul de Campo Grande. O estabelecimento de Juvenal pegou fogo no final da tarde de sexta-feira. Foi consumido juntamente com o banheiro, quarto e cozinha, onde morava, no fundo do bar.

O prejuízo estimado é de R$ 20 mil. Juvenal conta com que ficou somente com a roupa do corpo, uma camiseta, short e sandália. “Se falar que vou entrar para pegar uma máscara, não tenho porque queimou”, diz.

Juvenal conta que mora há 30 anos no bairro (Foto: Henrique Kawaminami)
Juvenal conta que mora há 30 anos no bairro (Foto: Henrique Kawaminami)

Ele conta que está no bairro há 30 anos. Ele tinha o bar há dois anos e antes contava com uma loja de roupas e sapatos e é conhecido na região. Muitos já estão o procurando para auxiliá-lo. “Eram crianças que cresceram aqui”, conta.

Juvenal diz que limpava a calha do telhado, por volta das 17h, quando um curto-circuito teria começado na tomada do quarto. O fogo teria atingindo a cama e rapidamente chegou ao guarda-roupa. “O prejuízo foi muito grande, queimou tudo. Só ficaram os boletos”.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas chegou somente meia-hora depois, o que, segundo ele, pode ter contribuído para o prejuízo. Enquanto o socorro não aparecia, vizinhos tentavam ajudar do jeito que podiam para conter as chamas.

Juvenal conta que todo o estoque de bebidas foi perdido no incêndio e aguarda análise para saber se a estrutura do local foi completamente danificada. Caso contrário, garante que começará rapidamente a reconstrução. “Os bens materiais a gente recupera, ainda bem que não aconteceu nada com ninguém”.

Interessados em ajudar Juvenal podem procurá-lo pelo telefone (67) 99285-0934.

Quarto de Juvenal foi totalmente consumido pelo fogo, restando apenas a estrutura da cama (Foto: Henrique Kawaminami)
Quarto de Juvenal foi totalmente consumido pelo fogo, restando apenas a estrutura da cama (Foto: Henrique Kawaminami)