A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

09/12/2014 22:26

Ejud-MS finaliza o ano com curso sobre prevenção do uso de drogas

Vania Galceran

A última ação  do ano de 2014 realizada pela Ejud-MS (Escola Judicial de Mato Grosso do Sul) foi o curso de Capacitação Profissional para o Trabalho de Identificação, Prevenção e Abordagem do Uso Indevido de Drogas, voltado para magistrados e equipe multidisciplinar que atuam na área da infância e juventude estadual. A palestra realizada para os participantes foi “O Desafio dos Programas de Atendimento a Usuários de Drogas”, ministrada pelo juiz titular da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Osasco, Samuel Karasin.

Neste ano, a escola ofereceu mais de 226 cursos entre presenciais, a distância e de pós-graduação para magistrados e servidores do Poder Judiciário. Foram 5.025 vagas ofertadas nestes cursos, perfazendo uma carga horária de mais de cinco mil horas. “Para se ter ideia, um curso de Direito completo tem uma carga horária de pouco mais de 4 mil horas. Nós tivemos só este ano mais que um curso de Direito em 5 anos. Este empenho contribuiu para colocar o Tribunal de Justiça entre os melhores do país, o que se reflete na prestação jurisdicional de qualidade para a população”, pontuou o Des. Ruy Celso Barbosa Florence, diretor-geral da Ejud-MS.

Este ano também ficou marcado pela assinatura do convênio com a Cátedra de Cultura Jurídica da Universidade de Girona, na Espanha, que viabilizou 30 vagas para magistrados cursarem Mestrado em Garantismo, Direitos Fundamentais e Processo Judicial. Em 2014 também foi lançado o aplicativo para Smartphones App Ejud MS, uma ferramenta de apoio no processo ensino-aprendizagem, que garantiu à escola reconhecimento nacional como um “caso de sucesso” apresentado no II Encontro Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário e no 6º Fórum de Educação a Distância, ocorrido na capital federal, em agosto.

O TJMS e a Associação dos Magistrados Brasileiros, por meio da Ejud-MS e da Escola Nacional da Magistratura, durante todo ano, firmaram convênio para transmissão dos cursos da ENM para todo o país. A transferência de conhecimento de tecnologia de transmissão e know-how para utilização e customização do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), tem como objetivo a cooperação técnico-científica, o intercâmbio de conhecimentos, informações e experiências que visam à formação, ao aperfeiçoamento e à especialização dos magistrados.

Para o juiz da Comarca de Anastácio, Luciano Pedro Beladelli, a Escola é fundamental para a formação dos magistrados. “A Ejud tem desenvolvido, por meio do Des. Ruy Celso e dos eficientes servidores, um excelente trabalho, sempre empenhados em aumentar o conhecimento do magistrado, não só na teoria mas também nas questões práticas. Trata-se de uma escola fundamental e indispensável para todo o funcionamento do Poder Judiciário”.

Segundo Luciano Beladelli, “é muito importante para os magistrados a oportunidade de fazer o mestrado da Universidade de Girona, porque há um intercâmbio entre os países no conhecimento jurídico, proporcionando contato com professores espanhóis. Isto reforça o entendimento jurídico como um todo”.

A assistente social Doêmia Ignez Ceni Gomes, que atua em Campo Grande, acredita que “os cursos da Ejud-MS, tanto para servidores da capital, como do interior, são fundamentais para que possamos trabalhar com mais eficiência. A partir do momento em que nós estamos capacitados, o nosso desempenho profissional melhora. E esse atendimento à população, com certeza, melhora também, porque trabalha-se melhor quando aplicamos as técnicas que foram recebidas nos cursos”.

(Com informações da assessoria de imprensa)

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions