A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/02/2012 12:28

“Eles vão reclamar muito, para aparecer”, diz Trad sobre Flexpark

Wendell Reis

Decisão sobre renovação de concessão do estacionamento vai sair depois do Carnaval

Prefeito vai decidir se mantém atual licitação ou abre nova(Foto: Pedro Peralta)Prefeito vai decidir se mantém atual licitação ou abre nova(Foto: Pedro Peralta)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), foi questionado na manhã deste sábado (11) sobre a possibilidade de uma licitação para os estacionamentos em Campo Grande e reclamações sobre o serviço, que não param de aumentar. Como resposta, o prefeito disse que solicitou um prospecto para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e criticou os vereadores que utilizaram a tribuna da Câmara para reclamar do serviço.

“Já solicitei um prospecto para a Agetran. Esta é uma época que eles vão reclamar muito, para aparecer, em função da política que está chegando”.

Nesta semana a vereadora Graziele Machado (PR) demonstrou preocupação com a destinação dos recursos dos estacionamentos. Ela questionou que eles tinham a finalidade de serem transferidos para a secretaria de Assistência Social, mas a Câmara nunca recebeu nenhuma planilha com o encaminhamento dos recursos.

Estudo técnico - O diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade, afirma que há dois caminhos para a concessão dos serviços, que vencem em março: a Prefeitura tem o direito de renovar o contrato ou de abrir uma nova licitação, sem impedimento jurídico para nenhuma das duas decisões.

Rudel informa que o prefeito solicitou um estudo técnico para ver o que está bom e o que precisa ser readequado para poder decidir, depois do Carnaval, o que fazer. Rudel já fez três reuniões com técnicos da Agetran, sendo uma delas com a presença de representantes da Flexpark

Equipes da Agetran estão percorrendo as ruas da cidade para saber se os serviços estão funcionando adequadamente, se há informações sobre postos de venda e se realmente eles funcionam. Segundo Rudel, a principal reclamação era com o fechamento dos marcadores, às 18 horas, onde o consumidor não encerrava a tarifa e perdia todos seus créditos, o que ele afirma já ter sido resolvido.

Quanto aos valores cobrados, Rudel relata que a Capital cobra valores bem abaixo das outras cidades do País e tem a vantagem de cobrar apenas o tempo que o consumidor utilizou o serviço, diferente de outros locais como São Paulo, onde o serviço é cobrado com tempo mínimo.

O presidente da Comissão dos Direitos do Consumidor da Câmara Municipal, vereador Athayde Nery (PPS), informou que a Casa já pediu um relatório sobre os serviços e caso não seja atendida, deve pedir auxílio do MPE (Ministério Público Estadual) e até do Procon. Segundo ele, entre as reclamações apresentadas aos vereadores estão a falta de segurança, já que pagam o serviço e não têm nenhuma garantia de que serão preservados, bem como o custo do estacionamento.

A vereadora Graziele Machado confirmou nesta manhã que a Câmara deve fazer um encaminhamento ao Ministério Público. “O Ministério Público não precisa aparecer. Quem sabe terá uma resposta. Não é uma crítica ao prefeito, mas a empresa. A própria Prefeitura está sendo lesada”. A vereadora ressalta ainda que a empresa está descumprindo a lei 2.228, que proíbe a cobrança em áreas residenciais.

Homem é ferido a tiro em saída de pagode no Bairro Taquarussu
Giovani Rodrigues Barbosa, 22 anos, foi baleado no tórax na saída de um pagode, na madrugada deste domingo (18), na Avenida Presidente Ernesto Geisel...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Realmente!!
Além de ser muito caro, estacionamento, seja pelo parquímetro, seja fechado, e por falar, no shopping Campo Grande(que absurdo é esse)...Mas logo vem outro shopping, moderno que talvez não cobre absurdos como o TAL existente.
Enfim, e o destino dessa arrecadação do FLEXPARK?? Que mistério, kd os representantes, que façam JUS de sua autoridade.
 
Rafaela Martinia em 13/02/2012 12:36:02
Pagar estcionamento é normal, mas quem cuida seu carro ? Alguem pode responder antes de elogiar esse roubo sem serviço. Ainda tem a cara de pau de chamar de prestação de serviço, cobrança ilegal daquilo que não fez. Seria prestar serviço se existisse alguem cuidando dos carros na rua. Vai ter eleição este ano, vamos dar o troco nas urnas.
 
luiz alves pereira em 13/02/2012 10:08:01
POR FALAR EM VAGAS, deem uma "olhada" na legislação Munc. Lei COMPL. 74 de 06/09/2005, artigo 39, inciso IV, "o rebaixamento do meio-fio num mesmo lote seja de, no máximo, 60% da testada do lote devendo ser fracionado rebaixamento superior a 12,00m, respeitada a distância mínima de 4,8m entre eles". APLIQUEM A LEI, e deixem de bate boca. TRABALHEM PELO BEM COMUM.
 
eduardo de paula em 13/02/2012 09:44:18
MAS ESSAS EMPRESA DEVE SER DE QUEM PARA SER DEFENDIDA DESSE JEITO .ABRE O OLHO CAMPOGRANDENSE.
 
ronaldo ferreira bicalho em 13/02/2012 08:28:12
Ha cerca de 01 semana no horário do almoço na R. Dom Aquino quase esquina com a Rui Barbosa vi 01 flanelinha "organizando" os carros q paravam na frente de 01 restaurante, havia apitos, gestos de policial de transito, etc e nesta rua há parquímetros. ESTAMOS REFÉNS destes absurdos, pagar 02 vezes para estacionarmos na rua. Fiquei estarrecida diante de tamanho absurdo, até quando srs. VEREADORES.

 
rita de cassia em 12/02/2012 12:54:10
Parece-me que Campo Grande é uma das capitais do País com maior proporção de veículos por hab., contrário a boa lógica , a retirada de estacionamento da Av. Afonso Pena é um equívoco, visto que na área central não têm espaço para novos estacionamentos privativos, o que vai acontecer em breve será nós pagarmos valores absurdos para esses estacionamentos já existentes,como já acontece em SP/RJ.
 
issami m. watanabe em 12/02/2012 12:48:23
Não sei pra onde vai o dinheiro, não sei como será a renovação. Mas o controle público do estacionamento é uma benção. Em São Paulo é horrível e caro, e morar numa cidade que tem muito carro e nenhum controle é pior ainda. Precisei sair de Campo Grande pra morrer de saudade dessas "modernidades". Tem que apurar o funcionamento, mas cancelar, jamais!
 
Luciana Souza Reino em 12/02/2012 06:41:37
A população precisa ser alertada em relação aos locais de estacionamento.Em torno dos Shopings, acabaram com os estacionamentos somente para beneficiar os estacionamentos dos mesmos.Haja visto que após essas medidas os preços subiram absurdamente.É um absurdo tirarem os estacionamento do lado direito da via, prejudicando quem não quer pagar ou aquele que chega ali apenas p/ caminhar.
 
José Rogerio em 12/02/2012 05:40:27
Mais um problema sério que a prefeitura não controla. Já não chegam as obras terrpiveis contra as enchentes, agora o problema do estacionamento. Eles dizem que é mais barato, não é verdade, somente Rio de Janeiro e São paulo cobram com preço mínimo. Aqui é um dos locais mais caros e não temos um retorno sobre a destinação do dinheiro, nunca vi o prefeito comentar sobre isso, é algo muito oculto...
 
Aguinaldo Leme em 12/02/2012 04:52:56
O prefeito esta se queimando atoa, a população esta insatisfeita e ele não esta nem aí. Prefeito abre seus olhos!!!
 
katia ramires em 12/02/2012 03:47:41
CAMPO GRANDE ESTA COM O TRÂNSITO MUITO RUIM PRINCIPALMENTE NO CENTRO ONDE ACHAR UMA VAGA PARA ESTACIONAR É IGUAL PROCURAR UMA AGULHA NO PALHEIRO, TEM AS VAGAS DOS IDOSOS QUE SE A GENTE USAR É MULTADO E OS ESTACIONAMENTOS PAGOS COBRAM 4,00 REAIS A HORA. QUANDO CHOVE FORTE É UM CAOS, NOS HORARIOS DE PICO PRÓXIMO DAS 12:HS E DAS 17:HS FICA CONGESTIONADO. QUANDO DIRIJO NO CENTRO PARECE UM PANDEMÔNIO.
 
Carlos Alberto dos Santos Lopes em 12/02/2012 03:17:20
Trabalho no centro e pago R$120,00 por mês pra estacionar o carro e agora vai subir em função da eliminação das vagas no canteiro central. Mas eu acho democrática essa cobrança. Do contrário, muito folgado vai deixar o carro o dia todo estacionado e no final do dia dar R$0,50 pro flanelinha. O que é feito com o dinheiro? Realmente não me interessa... Não vale a pena estressar-me...
 
arthur donavann em 12/02/2012 01:07:50
Pelos comentários, percebo que a opção - voto nulo, será a bola da vêz no próximo pleito eleitoral. Digo isto para vereadores ( aqueles que saem de madrugada de seus lares ???, e assistem o que acontece com os profissionais e pacientes do SUS!!!
 
Edson Chaves em 11/02/2012 11:08:47
Alguma dúvida de que vai ser renovado? Só os muito inocentes é que acham isso.
 
Daniel Francelino em 11/02/2012 10:22:09
Caro prefeito, a reclamação não se resume somente "aos seus opositores políticos", mas sim a toda população, portanto, nós eleitores e usuários precisamos de mais clareza sobre o flexpark, e além disso, esta empresa deve ser responsável por qualquer ocorrência que aconteça nos veículos no período em que os mesmos estiverem estacionados e utilizando o flexpark...por se tratar de um serviço prestado
 
Ivanildo Rodrigues dos Santos em 11/02/2012 09:40:37
O pior e q o prefeito esta certo esses vereadores nunca se manifestaram em assunto nenhum todos fisiologicos e agora em epoca de eleição vem falar de verba de estacionamento me parece q a preocupção é a VERBA e a norte sul, o lixão, os buracos pq sera q ninguem nem da propria "oposição" nunca se posicionou.E politica sulmatogrossense coisa pra ingles ver, pq o povo so DEUS PARA PROTEGER.
 
Ricardo Bueno em 11/02/2012 07:39:02
Concordo com prefeito. So aparece por ser ano eleitoral. Cadê esses vereadores de 2009 até agora? O que fizeram por Campo Grande? Santa paciencia!!!! O povo tem que dar a resposta na hora certa.
 
juari lopes pinto em 11/02/2012 07:09:51
Eu acho interessante a desculpas de nossos politicos e secretariados. Quando são interpelados sobre, preços de passagens, estacionamento e outras a desculpa é sempre a mesma ou seja , ( os valores são os mesmos praticados em outras capitais ou ate mais baixos ), parem com isso. Aqui é Campo Grande, o que se pratica em outras cidades não nos interessa, não moramos lá, e sim em Campo Grande.
 
Alfredo Carvalho em 11/02/2012 07:04:07
Quero colocar aqui a minha opinião pessoal, com toda essa polêmica estão esquecendo e deixando de lado o nosso direiro de ir e vir, já pagamos muito imposto, e esse do estacionamento é uma vergonha, além ser obrigado a pagar pelo tempo que o nosso veiculo permanece no local, ainda temos que pagar os desocupados que falam que cuidou do nosso carro, e se não pagarmos é perigoso sermos agredidos.
 
Dirce Arantes em 11/02/2012 06:27:49
A reclamação faz parte da democracia.
Ou então ele se acha dono da razão.
Acatar as críticas talvez seja mais inteligente do que achar que sabe tudo.
E esse ano ele também vai fazer jogo político porque é disso que os políticos vivem, e como ele mesmo disse: é ano de eleições...
 
MARCELO GOMMES em 11/02/2012 05:31:33
Espero e quero acreditar que dentre os que o Sr. prefeito acredita reclamarão para aparecer, que ao menos um ou dois serão sinceros nesse interesse.
E para aparecer ou não, não há nada demais em detalhar tudo sobre esse serviço e em cobrar por sua melhoria e ajustamento.
É bom ter aparecidos de vez em quando, para incomodar, nem que seja em período de eleições mesmo.
 
Mirian Fernandes em 11/02/2012 05:25:35
é verdade "eles(os vereadores) querem se aparecer", o Prefeito só não explica que desde que assumiu a prefeitura de Campo grande tudo aqui mudou. A passagem dos ônibus entre as mais caras do país, o IPTU sobe a cada obra realizada perto da casa das pessoas (pro resto de suas vidas), as obras tem que ser sempre refeitas pois as chuvas vem e levam tudo, o flexpark, só tem obrigação para os motorista
 
fabio castilho rosa pires em 11/02/2012 04:59:39
Parabéns a vereadora Graziele Machado pela vigilância sobre o direito dos campo-grandenses. O senhor prefeito já foi mais confiante nos atos praticados por sua administração. Vamos aguardar pra ver. quem não deve não teme Nelsinho Trad, ou o prefeito esta se tornando um homem de pouca fé.
 
Juarez Goncalves em 11/02/2012 04:31:15
É ridículo essa cobrança do flexpark, já que pagamos nossos impostos, ainda temos que pagar para estacionar NA RUA, e ainda ser alvos de possíveis flanelinhas, e como não bastasse, ninguém sabe para onde vai o dinheiro, não vemos benfeitorias e nem melhoras no trânsito, pelo contrário, Campo Grande está crescendo absurdamente, e os engenheiros de trânsito tem que começar a se preocupar com isso.
 
Ana Lucia em 11/02/2012 04:13:12
Esses vereadore ficaram todo esse tempo e começam a reclamar agora, pq será?
outra coisa, lembro da inauguração dessa cobrança, está fazendo 16 anos, saiu nos jornais que os flanelinhas seriam capacitados para trabalhar com o estacionamento público...eai?
é barato pq o prefeito tem salario bom, mas e o cidadão que ganha pouco e tem seu carro de 20 anos. Sai caro
 
ciro ferreira em 11/02/2012 03:42:31
Vou dar uma sugestão, tirem aqueles "cuidadores" q ficam coagindo os motociclistas a pagar para eles "zelarem" pelas motos no bolsões de moto, não tem um estacionamento no centro q vc não precisa deixar um trocado ai patrão
 
Carlos Machi em 11/02/2012 02:29:32
Não sou contra o flexpark, mas no minimo deve cobrir danos e furtos, tal como o estacionamento.
No minimo!
 
Miguel Angel Rejala em 11/02/2012 02:19:01
Olha só ele falando que alguns falarão demais. Esse aí só falou até agora.
E as enchentes? Só parou o lero-lero pq ainda não choveu esse mês. Vai ser só nesse carnaval.
 
Orlando Lero em 11/02/2012 01:36:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions