A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

22/03/2019 10:23

Em 12 dias lanchonete é furtada 5 vezes e acumula R$ 5 mil de prejuízo

Ladrões invadem o estabelecimento, e além de comerem no local, levam todos os produtos expostos

Tatiana Marin e Mirian Machado
Em lanchonete furtada 5 vezes, ladrões comem salgados e deixam a geladeira aberta. (Foto: Mirian Machado)Em lanchonete furtada 5 vezes, ladrões comem salgados e deixam a geladeira aberta. (Foto: Mirian Machado)

Uma lanchonete localizada no bairro São Francisco em Campo Grande foi furtada 5 vezes em um período de apenas 12 dias. O último caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (22).

Os ladrões entram no estabelecimento e além de consumirem produtos no próprio local, levam todos os artigos à venda, tanto os salgados da vitrine como refrigerantes, biscoitos e chocolates, por exemplo.

Porta por onde os ladrões tentaram entrar. (Foto: Mirian Machado)Porta por onde os ladrões tentaram entrar. (Foto: Mirian Machado)

O comerciante Júlio César Maekawa, de 45 anos, conta que abre todos os dias às 6h e, quando chegou hoje, às 5h30, percebeu que as luzes estavam ligadas e percebeu que havia sido vítima novamente dos ladrões. A lanchonete está em funcionamento há 8 meses, mas os furtos começaram há duas semanas.

Ainda conforme o proprietário, a maioria dos prédios vizinhos são de clínicas, que funcionam apenas em horário comercial e não há residências próximas em que moradores poderiam testemunhar as invasões e chamar a polícia. Até o momento, o comerciante contabilizou cerca de R$ 5 mil de prejuízo.

No local, uma porta de ferro está entortada, o que mostra a tentativa de invasão. Sem sucesso, desta vez os ladrões entraram pelo telhado, deixando o forro aberto e muita sujeira pelo chão. Nas primeiras vezes eles entraram pelo fundo e, com isso, Júlio César posicionou um portão no corredor enquanto a grade encomendada para proteção não fica pronta.

Forro aberto, por onde entraram os ladrões. (Foto: Mirian Machado)Forro aberto, por onde entraram os ladrões. (Foto: Mirian Machado)

Os ladrões chegaram a, inclusive, utilizar uma sacola em que ele e os funcionários preparavam um saco de roupas para doação, para levar os produtos. Eles deixaram as peças espalhadas pelo chão. Além disso, deixaram também a geladeira aberta.

“O que tem de mais valor aqui são os equipamentos, mas pesam de 30 a 40 kg e, por isso, não conseguem levar. Mas além de comerem aqui, levam tudo”, conta o comerciante.

Houve até um dia em que a lanchonete foi invadida duas vezes. “Um vizinho me avisou no domingo de manhã que haviam invadido de madrugada. Foi neste dia que coloquei o portão. Quando parei para almoçar às 13h, o vizinho avisou que tinha alguém saindo de lá de dentro”, relata. Ele está desanimado, mas afirma que vai insistir e investir mais em segurança.

Júlio César registrou boletim de ocorrência e a Perícia esteve no local.

Sujeira deixada pelos ladrões. (Foto: Mirian Machado)Sujeira deixada pelos ladrões. (Foto: Mirian Machado)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions