A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/06/2012 10:21

Em 20 dias, junho já tem chuva três vezes superior à esperada

Francisco Júnior e Paula Vitorino
Chove forte desde a madrugada. (Foto: Simão Nogueira)Chove forte desde a madrugada. (Foto: Simão Nogueira)
Lucimara limpa a cozinha invadida pelo barro. (Foto: Minamar Júnior)Lucimara limpa a cozinha invadida pelo barro. (Foto: Minamar Júnior)

No acumulado do mês, já choveu três vezes mais que o esperado em Campo Grande, cerca de 132 milímetros. Só hoje, desde o início da chuva na madrugada, já foi registrado 56 milímetros. O previsto para junho era de 45.

A quantidade de chuva neste mês está bem acima da média para este período do ano, de acordo com o meteorologista e coordenador da Estação Meteorológica Uniderp/Anhanguera, Natálio Abraão, nas medições históricas,

Segundo ele, deve chover até a próxima sexta-feira (22) na cidade.

A temperatura máxima nesta quarta-feira não passa dos 23ºC. Chove forte também na região sul do Estado.

Por conta da chuva, uma casa no bairro Nova Bahia acabou inundada. O local, que fica na rua Arlindo Sampaio Jorge, foi invadido pela água e barro.

A proprietária da casa, Lucimara Fabiana Ferreira Rodigues, 40 anos, afirma que é a quarta vez que sua família passa por essa situação. De acordo com ela, o problema começou depois do início de uma obra no terreno ao lado de sua residência.

Lucimara conta que acordou às 4h30 com o barro invadindo os cômodos da casa. Segundo ela, o barro é formado por conta do aterramento da área vizinha.

Desta vez, o barro tomou conta da cozinha, sala de jantar, lavanderia e banheiro.

Juliane Brum, engenheira responsável pela obra, disse que já está sendo construído um murro de arrimo para resolver o transtorno. Segundo ela, a questão ainda não foi solucionada por conta da chuva e devido um dos pedreiros da obra ter sofrido um acidente e estar impossibilitado de trabalhar.

“Não é que a gente não está trabalhando. É que tudo aconteceu em um curto espaço de tempo”, explicou.

Varanda da casa ficou cheia de lama (Foto: Minamar Júnior)Varanda da casa ficou cheia de lama (Foto: Minamar Júnior)

A proprietária da casa, Lucimara Fabiana Ferreira Rodigues, 40 anos, afirma que é a quarta vez que sua família passa por essa situação. De acordo com ela, o problema começou depois do início de uma obra no terreno ao lado de sua residência.

Lucimara conta que acordou às 4h30 com o barro invadindo os cômodos da casa. Segundo ela, o barro é formado por conta do aterramento da área vizinha.

Desta vez, o barro tomou conta da cozinha, sala de jantar, lavanderia e banheiro.

Juliane Brum, engenheira responsável pela obra, disse que já está sendo construído um murro de arrimo para resolver o transtorno. Segundo ela, a questão ainda não foi solucionada por conta da chuva e devido um dos pedreiros da obra ter sofrido um acidente e estar impossibilitado de trabalhar.

“Não é que a gente não está trabalhando. É que tudo aconteceu em um curto espaço de tempo”, explicou.



Fico solidária a proprietária da casa, porém esta chuva no mês de junho é muito boa. Pode significar que os dias secos, ar pesado, cheiro de fumaça serão menores do que no ano anterior.
 
solange fernandes em 20/06/2012 04:38:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions