A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

05/12/2015 16:12

Em dia de decorar evento, água levou estoque de floricultura da Ricardo Brandão

Ângela Kempfer e Renata Volpe
Floricultura foi inundada neste sábado; (Foto: Simão Nogueira)Floricultura foi inundada neste sábado; (Foto: Simão Nogueira)

O proprietário da floricultura Flor do Oriente, na Avenida Ricardo Brandão, esquina com a Francisco Bento, está desolado.

Enxurrada provocada pela chuva desta tarde levou parte do estoque que estava na câmara fria. “Temos um evento hoje à noite e minha esposa está tentando recuperar alguma coisa”, diz Rodrigo Rosa Ribeiro.

Ele mantém a floricultura há cerca de 2 anos no local, e nunca viu inundação por ali. “O máximo que a água chegou foi na calçada”, conta.

Na estimativa dele, a água do córrego Prosa subiu 60 centímetros, o suficiente para também levar vasos de plantas e objetos de decoração de jardim, produtos vendidos na floricultura.

Inconformado, ele ainda não sabe o tamanho do prejuízo. “Foi muito rápido, só meu cunhado estava no local”, comenta.

A pior destruição por conta da chuva na avenida Ricardo Brandão foi registrada em fevereiro de 2010, quando uma cratera comeu o asflato na altura do viaduto com a Ceará. Na época o prejuízo estimado chegou aos R$ 11 milhões. 

Muita sujeira ficou no córrego, depois da chuva. (Foto: Simão Nogueira)Muita sujeira ficou no córrego, depois da chuva. (Foto: Simão Nogueira)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions