A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

15/01/2020 10:59

Em janeiro, todos os dias mais de 20 mulheres denunciam violência à polícia

O caso mais recente ocorreu no final da tarde de ontem (14); mulher de 51 anos apanhou de corrente do filho

Kerolyn Araújo e Clayton Neves
delegada Ana Luiza Noriler, plantonista da delegacia da Mulher. (Foto: Henrique Kawaminami)delegada Ana Luiza Noriler, plantonista da delegacia da Mulher. (Foto: Henrique Kawaminami)

Do dia 1º de janeiro de 2020 até o final da manhã desta quarta-feira (15), 323 vítimas procuraram à Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher) para denunciar casos de violência. Lesão corporal e ameaça são os crimes que lideram o ranking de registros.

O caso mais recente ocorreu no final da tarde de ontem (14). Um homem de 31 anos foi preso após agredir a mãe, de 51 anos, com uma corrente no bairro Guanandi, em Campo Grande. A vítima chegou a cair e bater a cabeça no chão.

Segundo informações da delegada Ana Luiza Noriler, plantonista da Deam, as agressões começaram após uma discussão e só cessaram após vizinhos intercederem na briga. ''Eles ouviram gritos da vítima e foram acudir'', disse. A Polícia Militar foi acionada e o homem preso em flagrante por lesão corporal dolosa.

Na Deam, o rapaz se recusou a prestar depoimento e disse que só fala em juízo. A mãe também se negou a solicitar medida protetiva contra o filho. Ele passará por audiência de custódia ainda nesta quarta-feira.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions