ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Em noite violenta, quatro morrem na Capital; três em confronto com a PM

Na madrugada desta terça-feira, ladrão morreu após ser flagrado furtando oficina no Jardim Colibri

Ana Oshiro | 06/09/2022 06:37
Lindomar Moreira dos Santos, de 26 anos, foi um dos quatro mortos na Capital (Foto: Alex Machado)
Lindomar Moreira dos Santos, de 26 anos, foi um dos quatro mortos na Capital (Foto: Alex Machado)

Ainda sem identificação, um homem de aproximadamente 30 anos foi morto com três tiros no peito durante confronto com a Polícia Militar na madrugada desta terça-feira (6) em Campo Grande. Ele foi a quarta pessoa assassinada na Capital, sendo o terceiro que morreu durante confronto com o Batalhão de Choque da PM.

O homem foi flagrado invadindo uma oficina na Avenida Guaicurus, no Jardim Colibri, pelo telhado. O flagrante foi feito pelo dono da oficina, que estava monitorando o espaço depois de ser furtado pelo menos cinco vezes em pouco tempo. Assim que viu o ladrão em ação, o proprietário pediu para um segurança particular da região acionar a PM e foi abordar o bandido sozinho.

Armado, o ladrão rendeu o dono do local e voltou para o interior da oficina assim que viu a PM chegando. Ele foi orientado a largar a arma e se entregar, mas não obedeceu. Quando a vítima, que ainda estava rendida, conseguiu se desvencilhar e fugir, o bandido atirou contra os policiais, que revidaram e atingiram o ladrão com três tiros no peito.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais socorreram o bandido até o Hospital Regional, mas ele não resistiu aos ferimentos. A arma dele, calibre 32, foi apreendida e a arma do policial recolhida para perícia. O ladrão estava sem documentos e por isso não foi identificado até o momento.

Família de Lindomar ao lado do corpo, na Avenida Guaicurus (Foto: Alex Machado)
Família de Lindomar ao lado do corpo, na Avenida Guaicurus (Foto: Alex Machado)

Executado - Também na Avenida Guaicurus, Lindomar Moreira dos Santos, de 26 anos, morreu após ser baleado com dois tiros, no Jardim Campo Alto. Ele foi alvo de dois criminosos na Rua Paschoal Garcia, a dupla estava em uma motocicleta e fugiu logo em seguida.

Foragidos - Outros dois homens, identificados como Alex Alexandre Marques Moreno, de 30 anos e Denicio Alves de Souza, de 49, também foram mortos por policiais do Batalhão de Choque em Campo Grande, perto do frigorífico da JBS, na saída para Sidrolândia. Eles eram fugitivos dos sistema prisional de Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias