A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/06/2014 07:34

Em nota, PF confirma suicídio de chefe do combate ao crime organizado

Aliny Mary Dias
Viatura da PF e carro da funerária saíram do prédio por volta das 23 horas de ontem (Foto: Marcos Ermínio)Viatura da PF e carro da funerária saíram do prédio por volta das 23 horas de ontem (Foto: Marcos Ermínio)

A superintendência da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul divulgou nota no fim da noite de ontem (26) e confirmou que o delegado Eduardo Javorski Lima cometeu suicídio. O corpo do delegado foi encontrado por volta das 21 horas, no prédio da superintendência, na Vila Sobrinho em Campo Grande.

Na nota assinada pelo superintendente Edgar Paulo Marcon, a corporação confirma que o delegado chefe do setor de Investigação e Combate ao Crime Organizado tirou a própria vida dentro do próprio gabinete, situado no 3º andar do prédio.

Depois que colegas encontraram Lima caído no gabinete, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado, mas quando o socorro chegou o delegado já estava morto. Uma equipe de perícia da Polícia Civil foi ao local e saiu do prédio por volta das 23 horas, sem falar com a imprensa.

Eduardo Jarwoski Lima foi nomeado delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado da Superintendência da PF em MS no dia 20 de março do ano passado pelo Ministério da Justiça. O delegado tinha problemas de depressão e fazia tratamento psicológico, ele chegou a se licenciar do cargo para passar por tratamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions